Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Honda pode reeditar parceria com a McLaren na Fórmula 1 em 2014, diz revista

Por Da Redação 19 nov 2011, 14h55

O montadora japonesa Honda pode voltar à Fórmula 1 ao lado da McLaren em 2014, segundo as informações divulgadas na revista alemã Auto Motor und Sport. A adoção dos motores turbo V6 é apontada como o motivo principal do retorno.

Afastada da categoria desde 2009, a empresa do Japão pretende voltar a ser fornecedora de motores da equipe inglesa, com quem já conquistou oito títulos. A Honda viveu seu grande momento na Fórmula 1 como parceira da McLaren entre os anos 1988 e 1991. Época em que acumulou quatro títulos no Mundial de Construtores e quatro no Mundial de Pilotos, com o tricampeonato de Airton Senna e uma conquista do francês Alain Prost.

Um dos motivos que podem trazer a Honda de volta a categoria é a regra dos motores turbo V6, que passará a valer daqui três anos. ‘Um gerente disse em Suzuka que a Honda está se preparando para voltar com um turbo V6 em 2014. Só está faltando o sinal positivo por parte do conselho’, escreveu a publicação alemã. A regra determina o uso dos motores V6, que buscam ser menos agressivos à natureza, por meio da recuperação de energia.

A McLaren utiliza os motores da Mercedes desde 1995, ano em que a empresa da Alemanha rompeu com a Sauber. O contrato entre elas vai até 2015, todavia pode ser reincidido com o anúncio do retorno da Honda.

Outra parceria que será reeditada em breve na Fórmula 1 é da Williams com os motores Renault, que fizeram sucesso nos anos 1990. Na próxima temporada, as empresas, que conquistaram cinco campeonatos no Mundial de Construtores e quatro no Mundial de Pilotos, voltam a correr juntas.

Continua após a publicidade

Publicidade