Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homens que extorquiram esposa de Rooney são condenados à prisão

Londres, 30 jan (EFE).- A Justiça britânica condenou nesta segunda-feira Lee Platt e Steven Malcolm a 24 e 20 meses de prisão, respectivamente, por tentarem extorquir a esposa do atacante Wayne Rooney, do Manchester United, Coleen Rooney.

Em maio de 2010, durante um show, Platt, de 29 anos, e Malcolm, de 42, ficaram com o cartão de memória de uma câmera fotográfica de Coleen que continha fotos pessoais e pediram 5 mil libras (R$ 13,7 mil) para devolverem o artigo.

Os dois homens admitiram perante o tribunal as acusações de extorsão e de posse de objetos roubados. A namorada de Platt, Jennifer Green, de 26 anos, foi condenada a 12 meses de trabalhos comunitários por colaborar na retenção de objetos roubados.

‘Coleen utilizava a câmera somente para tirar fotografias particulares, que não foram pensadas para chegar à imprensa’, disse a advogada de Wayne Rooney, Deborah Gould.

Segundo Deborah, a esposa do atacante do United se deu conta que não estava com a câmera quando deixou o show e logo depois denunciou o desaparecimento à Polícia.

A advogada acrescentou que Coleen se sentiu ‘contrariada’ quando lhe pediram dinheiro em troca de suas imagens pessoais ‘em momentos nos quais o atleta não queria aparecer na mídia’.

‘O que foi particularmente desagradável foi que as imagens eram de família e não tinham relevância para ninguém, além da própria família’, destacou Deborah. EFE