Clique e assine a partir de 9,90/mês

Homem mais rápido do Brasil, Paulo André avança no Mundial de atletismo

No primeiro dia de disputas, o velocista de apenas 21 anos se tornou o primeiro atleta do país a alcançar a semifinal da categoria desde 1995

Por Da Redação - Atualizado em 27 set 2019, 16h45 - Publicado em 27 set 2019, 16h14

O brasileiro Paulo André Camilo se classificou nesta sexta-feira 27, para a semifinal dos 100 metros rasos do Mundial de atletismo de Doha, no Catar. No primeiro dia de provas, o capixaba fez o tempo de 10s11, venceu sua prova eliminatória e se tornou o primeiro atleta do país desde Robson Caetano (nono em 1995) a chegar tão longe na competição.

O velocista de 21 anos é o atual 19º colocado no ranking mundial e foi o único brasileiro da história a correr os 100 metros abaixo da marca de 10 segundo. Em agosto, no Troféu Brasil de Atletismo, em São Paulo, quando venceu com 9s90, mas o resultado não foi homologado em razão do vento de até 3,6 metros por segundo a favor, superior ao limite de 2m/s imposto pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF).

Paulo André, em busca do pódio, terá de enfrentar o americano Christian Coleman, líder do ranking mundial, na semifinal disputada no próximo sábado, às 12h45 (de Brasília), com transmissão do canal SporTV 2. Aos 23 anos, o atleta dos Estados Unidos liderou sua bateria no Mundial com tempo de 9s98, o único abaixo dos 10s na competição.

No salto triplo, o brasileiro Almir dos Santos conseguiu se classificar para a final nesta sexta. O mato-grossense de 26 anos, atual número 13 do mundo, saltou 16,92 metros e pode brigar pelo pódio na decisão, marcada para domingo, às 15h45. Nos 400m com barreiras, o paulista Alison dos Santos, de apenas 19 anos, ficou em segundo em sua estreia em Mundiais, com 49,66, e se classificou para a semifinal, disputada neste sábado, às 12h05.

Continua após a publicidade

O Brasil tem sua maior chance de pódio em Doha no arremesso de peso, com o catarinense Darlan Romani, de 28 anos, que ocupa o segundo lugar no ranking mundial e foi medalhista de ouro no Pan de Lima, no Peru. Na etapa dos Estados Unidos da Diamond League, em junho, o atleta brasileiro atingiu a marca de 22,61m em lançamento que seria ouro em todas as edições de Olimpíadas e Mundiais. O arremesso de peso masculino começa no dia 3 de outubro, às 13h20.

Publicidade