Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homem-gol do Botafogo, Herrera minimiza artilharia do Engenhão

Ao balançar a rede duas vezes na vitória por 4 a 0 sobre o Ceará, na quarta-feira, Herrera abriu boa diferença sobre o segundo colocado na lista dos maiores artilheiros do Engenhão, inaugurado em junho de 2007. Ele tem agora 28 gols, quatro a mais do que o companheiro de equipe, o uruguaio Loco Abreu, mas não dá muita importância a esse feito em especial.

‘O importante para mim é que pelos três times em que passei no Brasil (defendeu ainda Corinthians e Grêmio), eu deixei alguma coisa. Tenho um carinho muito grande do torcedor. Tem que gostar pelo que faço dentro de campo’, comentou o goleador. ‘Não sei se sou um ídolo, mas me sinto reconhecido e feliz, não só com a torcida, mas com o clube também’, emendou.

Façanha particular de lado, Herrera mira a conquista de seu primeiro título do Campeonato Brasileiro. Em quarto lugar, o Botafogo soma 40 pontos, três abaixo do líder Corinthians, mas tem um jogo a menos. O próximo compromisso da equipe será neste domingo, diante do Coritiba, no Couto Pereira. Em seguida, o time retorna ao Engenhão para o clássico com o Flamengo.

‘Ficamos contentes com esse público que veio nos apoiar (na vitória sobre o Ceará). É muito melhor para o jogador atuar assim. Tomara que a torcida siga acompanhando a gente. Foi espetacular, fez diferença’, lembrou o atacante argentino, que esteve ao lado de Loco Abreu entre os 11 titulares no treino tático comandado pelo técnico Caio Junior, na sexta-feira.