Clique e assine com até 92% de desconto

Hollywood deve atrasar retorno de Ronda ao UFC, diz Dana White

Ex-campeã gravará dois filmes no primeiro semestre e, por isso, não fará revanche contra Holly Holm no UFC 200, em julho

Por Da Redação 13 jan 2016, 09h00

Depois de realizar três lutas em um ano e sofrer sua primeira derrota no MMA, Ronda Rousey deve se ausentar do UFC por mais de um semestre. Nesta terça-feira, o presidente da organização, Dana White afirmou que a ex-campeã peso-galo feminino não deve participar da edição número 200 do UFC, marcado para 2 de julho, em Las Vegas. O motivo: Ronda precisará de mais tempo para se recuperar do nocaute arrasador que sofreu porque terá compromissos como atriz de Hollywood.

Leia também:

UFC: irmã diz que parte de Ronda ‘morreu’ em derrota para Holm​

Ronda Rousey perdeu por ‘salto alto’? Ex-agente acha que sim

Ronda Rousey assume namoro com lutador acusado de violência doméstica

Continua após a publicidade

Ronda Rousey recebe oferta de R$ 18 milhões para participar de filme pornô​

Em entrevista ao site americano Yahoo Sports, Dana contou que Ronda não terá tempo de se preparar para sua próxima luta e gravar, ao mesmo tempo, dois filmes com os quais já se comprometeu. “As filmagens dos filmes a estão pressionando. Ela poderia filmar e lutar, mas a pergunta é: ela deve fazer isso? As filmagens terminarão antes do UFC 200, mas restará pouco tempo para cortar peso”, disse o chefe do UFC.

Ronda Rousey, que recentemente participou de um ensaio “vestindo” apenas um maiô feito de pintura corporal, participará de dois longas: Mile 22 e o remake de Matador de Aluguel, filme estrelado por Patrick Swayze em 1989. Em anos anteriores, ela já abraçou pequenos papeis em filmes como Velozes e Furiosos 7, Os Mercenários 3 e Entourage, e também anunciou que seria protagonista no longa baseado em sua autobiografia, My Fight/Your Fight.

A americana de 28 anos foi derrotada em novembro de 2015 ao levar um chute no rosto da nova dona do cinturão, a compatriota Holly Holm, no UFC 193 em Melbourne. O plano inicial do UFC era realizar a revanche entre Ronda e Holm no UFC 200, mas, devido à agenda lotada da ex-campeã, Holm terá outra adversária. Ela enfrentará Miesha Tate no UFC 197, em 5 de março, em Las Vegas, nos Estados Unidos. A luta mais importante do evento será a disputa pelo cinturão peso-leve entre o brasileiro Rafael Dos Anjos e o irlandês Conor McGregor.

Ronda Rousey luta com Michelle Rodriguez em 'Velozes e Furiosos 7'
Ronda Rousey luta com Michelle Rodriguez em ‘Velozes e Furiosos 7’ VEJA

(da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade