Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Holanda vence Chile no Itaquerão e garante primeiro lugar

Europeus despertam no fim e fecham primeira fase com três vitórias

Por Da Redação 23 jun 2014, 14h52

A Holanda precisava apenas de um empate, mas venceu o Chile por 2 a 0 na tarde desta segunda-feira, no Itaquerão, em São Paulo, e se garantiu como primeiro colocado do Grupo B. O jogo, no entanto, foi menos emocionante do que se previa. Sem contar com seus principais jogadores, Robin Van Persie e Arturo Vidal, ambas as seleções jogaram de forma mais defensiva que o habitual. O jogo só melhorou na etapa complementar e a Holanda garantiu o primeiro lugar com gols dos jovens Leroy Fer e Memphis Depay. Após três vitórias na primeira fase, a seleção holandesa só enfrentará o Brasil nas oitavas de final se a seleção brasileira ficar com a segunda colocação do Grupo A, que será definido hoje, a partir das 17h.

Leia também:

Confira as estatísticas de Holanda x Chile

Chance para o Brasil brilhar? Time pensa só em resultado

Para impedir catástrofe, Brasil aprova a tensão do 3º jogo

Na primeira etapa, as equipes se preocuparam demais com a marcação e não acertaram sequer um chute a gol. Sem poder contar com seu principal atacante – Van Persie, suspenso -, a equipe europeia se fechou na defesa e não mostrou sua conhecida força ofensiva. O Chile, no entanto, teve dificuldades para criar e só teve uma boa chance, em jogada ensaiada, aos 22 minutos. Alexis Sánchez bateu escanteio pelo chão, Felipe Gutiérrez apareceu na primeira trave e chutou rente à meta de Jasper Cillessen. Os sul-americanos também não contaram com um de seus destaques: o volante Arturo Vidal, da Juventus, ainda se recupera de lesão no joelho e foi preservado.

Substituto de Van Persie, o experiente Dirk Kuyt ficou mais tempo na área holandesa do que no ataque e deixou Arjen Robben isolado na frente. O craque do Bayern de Munique, porém, teve ótima atuação e levou perigo, sobretudo nos minutos finais. Aos 33 minutos, Robben levantou na área e Stefan de Vrij cabeceou para fora. Aos 38, Robben deu uma de suas tradicionais arrancadas, cortou a zaga e bateu cruzado, perto do gol de Claudio Bravo.

Continua após a publicidade

Apesar do futebol pobre na primeira metade, as torcidas de ambas as seleções fizeram uma bela festa nas arquibancadas do Itaquerão. No segundo tempo, o cenário se manteve até os 20 minutos, quando Alexis Sánchez entortou Jermain Lens pela esquerda e chutou forte para defesa de Cillessen. A Holanda respondeu na sequência em nova arrancada de Robben, que bateu forte, nas mãos de Bravo. Aos 26 minutos, o meio-campista Jorge Valdivia entrou no lugar de Francisco Silva. O jogador palmeirense recebeu muitas vaias da torcida do Corinthians, clube dono do estádio e rival do Palmeiras. Em campo, Valdivia acertou alguns bons passes, mas não foi decisivo.

Leia também:

Espanha se despede da Copa com vitória sobre a Austrália

México joga pelo empate contra a Croácia em Recife

Jogos suspeitos das Copas têm Alemanha e, sim, Holanda

Já perto do fim, a Holanda cresceu no jogo e chegou ao primeiro gol. O jovem Leroy Fer entrou no lugar do apagado Wesley Sneijder e, em seu primeiro toque na bola, marcou, de cabeça, após cruzamento de Daryl Janmaat, aos 33 minutos. O Chile se lançou com tudo ao ataque em busca da virada e cedeu espaço para contra-ataques. Aos 45 minutos, Robben recebeu pela esquerda, mostrou toda a sua velocidade e habilidade e cruzou para Memphis Depay apenas completar para as redes.

Com este resultado, a seleção holandesa terminou no topo do Grupo B e irá enfrentar o segundo colocado do grupo A, que pode ser México, Croácia ou até o Brasil, nas oitavas de final. Caso confirme o favoritismo e vença Camarões em Brasília, às 17h, a seleção brasileira irá enfrentar o Chile, no próximo sábado, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Continua após a publicidade
Publicidade