Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Holanda vence Chile no Itaquerão e garante primeiro lugar

<p>Europeus despertam no fim e fecham primeira fase com três vitórias</p>

Por Da Redação Atualizado em 11 jan 2022, 19h56 - Publicado em 23 jun 2014, 14h52

A Holanda precisava apenas de um empate, mas venceu o Chile por 2 a 0 na tarde desta segunda-feira, no Itaquerão, em São Paulo, e se garantiu como primeiro colocado do Grupo B. O jogo, no entanto, foi menos emocionante do que se previa. Sem contar com seus principais jogadores, Robin Van Persie e Arturo Vidal, ambas as seleções jogaram de forma mais defensiva que o habitual. O jogo só melhorou na etapa complementar e a Holanda garantiu o primeiro lugar com gols dos jovens Leroy Fer e Memphis Depay. Após três vitórias na primeira fase, a seleção holandesa só enfrentará o Brasil nas oitavas de final se a seleção brasileira ficar com a segunda colocação do Grupo A, que será definido hoje, a partir das 17h.

Leia também:

Confira as estatísticas de Holanda x Chile

Chance para o Brasil brilhar? Time pensa só em resultado

Para impedir catástrofe, Brasil aprova a tensão do 3º jogo

Na primeira etapa, as equipes se preocuparam demais com a marcação e não acertaram sequer um chute a gol. Sem poder contar com seu principal atacante – Van Persie, suspenso -, a equipe europeia se fechou na defesa e não mostrou sua conhecida força ofensiva. O Chile, no entanto, teve dificuldades para criar e só teve uma boa chance, em jogada ensaiada, aos 22 minutos. Alexis Sánchez bateu escanteio pelo chão, Felipe Gutiérrez apareceu na primeira trave e chutou rente à meta de Jasper Cillessen. Os sul-americanos também não contaram com um de seus destaques: o volante Arturo Vidal, da Juventus, ainda se recupera de lesão no joelho e foi preservado.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Substituto de Van Persie, o experiente Dirk Kuyt ficou mais tempo na área holandesa do que no ataque e deixou Arjen Robben isolado na frente. O craque do Bayern de Munique, porém, teve ótima atuação e levou perigo, sobretudo nos minutos finais. Aos 33 minutos, Robben levantou na área e Stefan de Vrij cabeceou para fora. Aos 38, Robben deu uma de suas tradicionais arrancadas, cortou a zaga e bateu cruzado, perto do gol de Claudio Bravo.

Apesar do futebol pobre na primeira metade, as torcidas de ambas as seleções fizeram uma bela festa nas arquibancadas do Itaquerão. No segundo tempo, o cenário se manteve até os 20 minutos, quando Alexis Sánchez entortou Jermain Lens pela esquerda e chutou forte para defesa de Cillessen. A Holanda respondeu na sequência em nova arrancada de Robben, que bateu forte, nas mãos de Bravo. Aos 26 minutos, o meio-campista Jorge Valdivia entrou no lugar de Francisco Silva. O jogador palmeirense recebeu muitas vaias da torcida do Corinthians, clube dono do estádio e rival do Palmeiras. Em campo, Valdivia acertou alguns bons passes, mas não foi decisivo.

Leia também:

Espanha se despede da Copa com vitória sobre a Austrália

México joga pelo empate contra a Croácia em Recife

Jogos suspeitos das Copas têm Alemanha e, sim, Holanda

Já perto do fim, a Holanda cresceu no jogo e chegou ao primeiro gol. O jovem Leroy Fer entrou no lugar do apagado Wesley Sneijder e, em seu primeiro toque na bola, marcou, de cabeça, após cruzamento de Daryl Janmaat, aos 33 minutos. O Chile se lançou com tudo ao ataque em busca da virada e cedeu espaço para contra-ataques. Aos 45 minutos, Robben recebeu pela esquerda, mostrou toda a sua velocidade e habilidade e cruzou para Memphis Depay apenas completar para as redes.

Com este resultado, a seleção holandesa terminou no topo do Grupo B e irá enfrentar o segundo colocado do grupo A, que pode ser México, Croácia ou até o Brasil, nas oitavas de final. Caso confirme o favoritismo e vença Camarões em Brasília, às 17h, a seleção brasileira irá enfrentar o Chile, no próximo sábado, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade