Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Hodgson torce para Rooney ser o ‘Pelé da Inglaterra’ em sua volta

Por Da Redação - 19 jun 2012, 11h48

Na briga por uma vaga nas quartas de final da Eurocopa, a Inglaterra conta, nesta terça-feira, às 15h45 (de Brasília), com o reforço do atacante Wayne Rooney, que estreia no torneio após cumprir dois jogos de suspensão. Próximo de seu último jogo nesta primeira fase, o técnico Roy Hodgson fez uma analogia de seu atacante com Pelé para ressaltar a importância do jogador do Manchester United no time nacional.

‘Se você olhar para trás e tomar o Pelé como exemplo, ele tinha capacidade de produzir no seu mais alto nível quando realmente precisou ajudar o Brasil a ganhar Copas do Mundo’, citou Hodgson, lembrando da participação do camisa 10 no tricampeonato da Seleção Brasileira, em 1958, 1962 e 1970.

‘Tomara que Rooney possa fazer isto para nosso time e, depois, se vencermos, quem sabe? Se Wayne Rooney atuar em grande nível, ele pode nos ajudar a continuar avançando na competição’, completou o comandante do ‘English Team’.

Sem o camisa 10 dos Diabos Vermelhos, a Inglaterra conseguiu quatro pontos nas duas partidas que realizou, e divide a liderança do Grupo D com a França. Contra a anfitriã Ucrânia, que ainda sonha com a vaga, a equipe precisa apenas de um empate para se garantir na próxima fase da competição. Ainda na sua chave, os ‘Bleus’ pegam a já eliminada Suécia, também às 15h45 desta terça.

Publicidade