Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Herói do título, Drogba exalta persistência do Chelsea

Por AE-AP

Munique – Didier Drogba foi o grande personagem do primeiro título do Chelsea na Liga dos Campeões da Europa, conquistado neste sábado com a vitória nos pênaltis diante do Bayern de Munique. Foi dele o gol que selou o empate por 1 a 1 no tempo normal, aos 42 minutos do segundo tempo. O atacante marfinense também foi o responsável pela cobrança de pênalti final, que selou a vitória da equipe inglesa.

Após a partida, Drogba exaltou a persistência do Chelsea, que sofreu o primeiro gol aos 37 minutos do segundo tempo e teve um pênalti contra si na prorrogação, cometido pelo próprio atacante, que Cech defendeu. “Eles (jogadores do Chelsea) nunca desistiram, até o final. Este time é incrível”, declarou.

No Chelsea desde 2004, Drogba já buscava este título pelo clube há muito tempo e, por isso, fez questão de lembrar de todos seus ex-companheiros e ex-treinadores. “Acho que estava escrito há um bom tempo. Quero dedicar esta conquista a todos os técnicos que tivemos antes, todos os jogadores com quem atuamos”, afirmou.

A atuação do atacante neste sábado foi destacada pelos seus companheiros. Entre eles, Frank Lampard, um dos maiores ídolos da história do Chelsea. Mesmo estando no clube inglês desde 2001 e tendo usado a faixa de capitão neste sábado, o meia não resistiu à performance do marfinense e o classificou como “principal homem” da conquista.

“Não jogamos uma partida fantástica, mas nosso principal homem Drogba nos tirou do problema”, afirmou Lampard, que substituiu o suspenso Terry como capitão. “Ele (Drogba) é um herói. Sem ele, não estaríamos aqui. Ele sempre marca gols em grandes jogos. O que ele fez hoje (sábado), tem feito ao longo de toda sua carreira”, completou.

Apesar dos elogios, Drogba preferiu eleger outro responsável pelo título: o goleiro Petr Cech, que pegou um pênalti de Robben no primeiro tempo da prorrogação e duas cobranças na disputa final, de Olic e Schweinsteiger – esta última ainda tocou na trave. “Quando temos este cara no gol, precisamos acreditar até o fim”, afirmou o atacante.