Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Henrique lamenta ‘desastre’ e assume responsabilidade do elenco alviverde

Por Da Redação - 25 out 2011, 20h03

O zagueiro Henrique parece estar inconformado com a posição do Palmeiras na classificação do Campeonato Brasileiro. Ciente de que o 13lugar é um posto bem distante do planejado pela diretoria, o defensor reconhece que a vaga na Copa Sul-americana serviria pelo menos para amenizar a frustração.

‘O desastre já existe pela posição em que estamos, pois o Palmeiras é um clube com estrutura e elenco. Com certeza, ficar fora da Sul-americana seria um desastre ainda maior, mas temos de pensar em somar pontos. Às vezes, estamos muito distantes da Libertadores, mas não sabemos o que pode acontecer com uma vitória’, ponderou.

Com apenas 41 pontos no Brasileirão, o Palmeiras busca a reação na noite de domingo, quando enfrentará o Atlético-MG, em Sete Lagoas. Diante da série de seis jogos sem triunfos na competição, Henrique chama a responsabilidade para o elenco.

‘Depende só dos jogadores. É dentro de campo o problema, e não fora. Quem tem de mudar essa história são os jogadores. Quem tem de colocar outro rumo somos nós. Temos de nos unir e ter mais força para conseguir os pontos’, acrescentou.

Publicidade

O zagueiro reconhece que está com receio pelo Palmeiras ocupar uma posição cada vez mais próxima da zona de rebaixamento do Nacional.

‘Se tem chance (de rebaixamento), mesmo que pequena, claro que preocupa. Sabemos o que devemos fazer para nos distanciar mais. O objetivo mínimo de Libertadores está se distanciando um pouco, mas não perdemos nossa vontade de estar ali em cima com eles’, finalizou.

Publicidade