Clique e assine com até 92% de desconto

Henrique enfrenta dores no púbis, mas garante presença domingo

Por Da Redação 1 ago 2012, 17h38

Após a vitória sobre a Ponte Preta, por 2 a 1, no último domingo, na Vila Belmiro, o técnico Muricy Ramalho revelou que o volante Henrique vem atuando com dores nas últimas partidas do Santos. Citando a situação do jogador como exemplo, Muricy cobrou a diretoria, alegando que o elenco precisa de mais opções. O próprio Henrique falou sobre a sua situação nesta quarta-feira e admitiu estar enfrentando dores no púbis, que se refletem também nos músculos adutores das duas pernas.

‘Essa dor não afeta somente o púbis, pois irradia para os adutores (das pernas). É um incômodo grande, pois toda a força que nós fazemos jogando é nessa região. Por isso, estou sobrecarregado sempre e, jogando sem parar, a dor aumenta’, disse Henrique, que podia ser poupado contra o Náutico, no próximo domingo, nos Aflitos.

Porém, como o Peixe não terá os volantes Adriano e Arouca contra o Timbu, Henrique deve ir a campo. Sem a dupla, suspensa pelo terceiro cartão amarelo, Henrique irá fazer um esforço extra, jogando diante da equipe pernambucana.

‘Faz alguns jogos que eu estou sentindo dores, mas estou sempre à disposição. A gente tinha programado uma ‘refrescada’, uma parada nesta semana, até para diminuir a dor. Só que, infelizmente, não vai ser possível eu ficar de fora para me recuperar. O Arouca e o Adriano estão suspensos. Por isso, eu vou jogar’, comento

O volante foi poupado na reapresentação do elenco, na terça, e não participou do treinamento nesta quarta, no CT Rei Pelé. A assessoria de imprensa do clube informou que Henrique fez reforço muscular nos dois dias.

Mesmo admitindo ir para o ‘sacrifício’ contra o Náutico, o jogador adiantou que vai até o seu limite físico, para não agravar a contusão. ‘Eu supero a dor, aguento bastante. Quem já teve essa dor sempre fala que ela incomoda bastante e chega uma hora em que você precisa parar. Jogando no ‘sacrifício’, a gente sabe que as dores só pioram. Quando eu notar que está me prejudicando, vou saber o momento de parar. Caso contrário, eu terei prejuízos no futuro’, encerro

Com Henrique poupado, Muricy Ramalho testou uma nova formação no meio-campo, com o jovem Alan Santos, Éwerthon Páscoa e o lateral esquerdo Juan, improvisado. A tendência é que um deles seja sacado pelo comandante para a entrada de Henrique, contra o Náutico, em confronto válido pela 14rodada do Campeonato Brasileiro.

Continua após a publicidade
Publicidade