Clique e assine a partir de 9,90/mês

Henrique e Léo aprovam chegada do colombiano Renteria ao Santos

Por Da Redação - 14 set 2011, 13h50

Contratação do Santos para o restante da temporada, o atacante colombiano Renteria já foi elogiado por dois de seus novos companheiros de clube. O volante Henrique e o lateral esquerdo Léo aprovaram a chegada do centroavante, que está realizando exames médicos no clube nesta quarta-feira, antes de assinar contrato de empréstimo até a metade do próximo ano com o Peixe.

Tanto o meio-campista, quanto o experiente ala esquerdo, enfrentaram Renteria na última Copa Libertadores da América. Henrique estava no Cruzeiro e viu o atacante ser um dos destaques do Once Caldas, da Colômbia, ao eliminar o seu ex-time nas oitavas de final da competição. Enquanto isso, Léo, pelos santistas, eliminou Renteria e a equipe colombiana da Libertadores, nas quartas de final do torneio.

Agora, com a oportunidade de atuar ao lado do jogador colombiano, Henrique espera que Renteria possa ajudar o Alvinegro Praiano a conquistar os seus objetivos. ‘Nos jogos que ele fez contra a gente, o Renteria foi muito bem. Ele realmente fez a diferença e contra o Santos ele também se destacou. É um grande atleta, experiente, que já passou por Internacional e Atlético-MG no Brasil. O Renteria vem para nos ajudar e demonstrar toda a sua qualidade’, opinou.

Para Léo, a contratação de Renteria dará ainda mais opções para o técnico Muricy Ramalho montar a equipe. ‘É um jogador importante, que dá muito trabalho para o adversário. Ele se movimenta bastante na área e é uma referência no ataque para o seu time. Com ele, o Muricy pode fazer variar o nosso esquema de jogo. Ele será muito bem vindo e esperamos que ele possa dar tanto sufoco aos adversários quanto ele nos deu quando enfrentamos o Once Caldas’, comentou.

Continua após a publicidade

Sobre a negociação que levou Renteria para a Vila Belmiro, vale ressaltar ainda que os direitos federativos do colombiano estão presos ao Caxias-RS, que recebeu cerca de R$ 1 milhão pelo empréstimo do atacante.

Publicidade