Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Hamilton não acredita em McLaren dominante na Malásia

Por Da Redação 22 mar 2012, 15h11

Por AE

Kuala Lumpur – A McLaren teve um grande final de semana na primeira etapa do Mundial de Fórmula 1. Jenson Button venceu o GP da Austrália, no último domingo, e Lewis Hamilton terminou em terceiro, além de ter feito a pole position. O próprio Hamilton, no entanto, admitiu que não acredita que a equipe mantenha esta dominância no GP da Malásia, que acontece neste final de semana.

“Não acredito. Se você olhar a última corrida verá que a Red Bull teve uma performance muito boa, como a Ferrari. Claro que vamos continuar tentando e usando toda a informação que coletamos na última corrida. Em geral, devemos estar como na corrida e no treino na Austrália, já que nosso carro não mudou”, avaliou.

Kuala Lumpur, onde acontece a corrida, é conhecida pelo calor e pelo ar seco, o que dificulta a vida dos pilotos. Por isso, Hamilton apontou a necessidade de mudar o comportamento comum às outras provas e se hidratar constantemente. “É verdade que as mudanças climáticas acontecem a cada momento, mas por sorte isso afeta a todos. Para ficarmos hidratados, estamos constantemente ingerindo líquido, o que é tão importante quanto o desenvolvimento na pista para que possamos suportar toda a distância da corrida”, comentou.

Jenson Button concordou com seu companheiro de McLaren e admitiu que o forte calor no circuito de Sepang deve causar algumas mudanças. Entre elas, o maior desgaste do pneu, que foi um de seus principais trunfos para a vitória na Austrália.

“Será muito diferente do último final de semana”, afirmou. “É sempre mais difícil para os pneus aqui. Acho que a temperatura e a umidade serão os maiores problemas para eles. E é um daqueles lugares em que você realmente não sabe o que vai acontecer. Normalmente não chove, há uma tempestade”, declarou.

Continua após a publicidade

Publicidade