Clique e assine a partir de 9,90/mês

Hamilton lamenta erros e parabeniza Button por vitória

Por Da Redação - 31 jul 2011, 15h07

Por AE

Budapeste – O inglês Lewis Hamilton esteve próximo de conseguir a vitória no GP da Hungria, neste domingo, mas acabou sendo prejudicado por seus erros e pelos da McLaren, que fizeram com que ele terminasse apenas na quarta colocação. Apesar de ter visto o triunfo escapar, o piloto comemorou a vitória de seu companheiro de equipe, Jenson Button, com quem travou uma disputada batalha durante boa parte da corrida.

“Parabéns para o Jenson (Button). Ele me forçou bastante e mereceu vencer a corrida. Fiquei triste pela equipe por não termos conseguido a dobradinha, mas pelo menos um de nós conseguiu a vitória”, declarou.

O principal erro de Hamilton foi uma rodada já na parte final da prova. Para voltar à pista, o inglês acabou realizando uma manobra arriscada, que fez com que o escocês Paul di Resta saísse da pista. Por isso, ele acabou punido, tendo que passar pelos boxes, o que ocasionou a perda definitiva da primeira colocação.

“Estou desapontado comigo mesmo por ter rodado. Eu tinha que fazer uma manobra para conseguir ao lado certo da pista e acabei empurrando o Paul (di Resta) para a grama, o que resultou em uma penalização. Já pedi desculpa ao Paul e vamos esquecer esta punição e pensar na próxima corrida”, afirmou.

Nem mesmo os erros cometidos pela McLaren nas trocas dos pneus, que fizeram com que Hamilton fosse um total de seis vezes para os boxes, parecem ter tirado o piloto do sério. “O carro estava muito bom de pilotar hoje (domingo). Acho que o clima nos ajudou e a equipe realizou um trabalho fantástico”, avaliou.

Continua após a publicidade
Publicidade