Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Hamilton discorda de Withmarsh sobre disputa com Button em Interlagos

Por Da Redação 15 nov 2011, 11h59

O britânico Lewis Hamilton discordou nesta terça-feira de seu chefe na equipe McLaren, Martin Whitmarsh, que afirmou esperar uma briga entre o piloto e Jenson Button, outro representante da escuderia, pela vitória no Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, em Interlagos. Os dois venceram três provas na temporada e podem desempatar a disputa interna com uma vitória em São Paulo, no dia 27 de novembro.

‘Sinceramente, não sei por que ele diria isso porque não é o caso. É claro que nós dois queremos ganhar, mas não importa se serei eu ou ele, ainda encerraremos o ano no topo. Essa é a minha visão’, disse Hamilton, que conquistou no último domingo o GP de Abu Dhabi, o primeiro desde julho.O britânico já havia reclamado das declarações de Withmarsh na Índia, quando o chefe da equipe McLaren sugeriu uma rivalidade entre os dois pilotos de sua equipe. Na ocasião, Hamilton classificou os comentários do comandante da escuderia como ‘bobagem’.

Button também tentou amenizar o clima dentro da equipe britânica e ressaltou que a prova em Interlagos pode ser a mais competitiva da temporada, com todos os pilotos de McLaren, Red Bull e Ferrari brigando pela vitória.

‘Eu adoraria lutar para vencer lá. Obviamente Lewis pensa o mesmo e espero que tenhamos uma boa disputa, embora ache que não seremos só nos dois na luta’, afirmou Button, que vê o abandono de Sebastian Vettel em Abu Dhabi e a corrida ser realizada em São Paulo como motivadores para a dificuldade de vencer.

‘Seb vai querer retornar forte, Fernando [Alonso] está em sua melhor forma, a Ferrari está funcionando bem. Felipe [Massa] tem algo a provar em casa e Mark [Webber] quer fazer um bom trabalho e ter o fim de semana limpo. Estou animado para esse desafio e seria adorável conseguir a última vitória do ano’, disse.

Continua após a publicidade
Publicidade