Clique e assine com 88% de desconto

Hamilton desbanca rivais, vence no Canadá e lidera F1

Por Da Redação - 10 jun 2012, 17h01

Por AE

Montreal – Lewis Hamilton deixou Fernando Alonso e Sebastian Vettel para trás neste domingo e faturou o GP do Canadá, em Montreal. Com uma grande performance, o inglês mostrou poder de reação no fim para superar um erro nos boxes, fazer seguidas ultrapassagens sobre os rivais e conquistar sua 18ª vitória na Fórmula 1.

O pódio contou ainda com os surpreendentes Romain Grosjean, segundo colocado, e Sergio Perez. Eles superaram Alonso e Vettel nas voltas finais e somaram bons pontos no campeonato. Felipe Massa chegou em 10º, enquanto Bruno Senna foi o 17º.

O resultado marcou uma sequência inédita na história da categoria. Hamilton se tornou o sétimo vencedor diferente em sete corridas disputadas na temporada 2012. De quebra, assumiu a liderança do campeonato, com 88 pontos, apenas dois a mais que Alonso. Vettel segue na cola dos rivais, com 85.

Publicidade

A corrida deste domingo contrastou com a prova do ano passado, marcada por chuva, paralisação e muitas reviravoltas. Desta vez, os melhores momentos se concentraram nas últimas dez voltas, quando Hamilton acumulou grandes ultrapassagens, sobre Alonso e Vettel, e ainda viu os rivais serem surpreendidos no fim por Grosjean, da Lotus, e Perez, da Sauber. Vettel ficou em quarto e Alonso, em quinto.

A CORRIDA – O GP do Canadá teve a largada mais tranquila da temporada até agora. Sem sustos ou ameaças, os primeiros colocados garantiram suas posições. Vettel, Hamilton, Alonso puxaram o pelotão dianteiro, enquanto Massa disputava o quinto lugar com Nico Rosberg.

De tanto insistir, conseguiu passar o alemão na terceira volta. Com uma postura agressiva, o brasileiro fazia seu melhor início de prova do ano. Mas a empolgação acabou gerando uma falha logo na sequência. Massa rodou na pista na quinta volta e caiu para 12º. No pelotão intermediário, começou a recuperar espaço após sua primeira parada, na 13ª volta. Chegou a ficar em sexto, com boa disputa com Webber, Rosberg e Perez. Massa terminou somente em 10º.

Na dianteira, Vettel abriu ligeira vantagem sobre Hamilton na liderança, mas não o suficiente para voltar na frente depois da primeira rodada de parada nos boxes. Em grande ritmo, o inglês manteve a ponta até seu segundo pit stop, mais lento que a média em razão de uma falha dos mecânicos.

Publicidade

O vacilo custou a liderança. Alonso herdou a posição, seguido de perto por Vettel. Hamilton, contudo, não desistiu. Embalado e com pneus novos, se aproximou do alemão e obteve a ultrapassagem com ajuda do DRS. Na sequência, investiu sobre Alonso e conquistou a ponta.

Sem sofrer ameaças nas voltas finais, cruzou a linha de chegada na frente para faturar sua primeira vitória do ano. Enquanto Hamilton encaminhava o triunfo, Alonso sofria com o desgaste dos pneus. Em apenas duas voltas, o espanhol foi superado por Grosjean, Perez e Vettel.

O brasileiro Bruno Senna fez uma corrida discreta. Largou em 16º e chegou a figurar em 21º depois da primeira parada. Acabou terminando em 17º, atrás do companheiro de equipe, Pastor Maldonado. O venezuelano ficou em 13º, depois de largar em 22º por conta de uma punição. Ele perdeu cinco posições no grid por ter trocado o câmbio da sua Williams.

Os pilotos da Fórmula 1 voltarão à pista daqui a duas semanas para o GP da Europa. A corrida será disputada em Valência, na Espanha, no dia 24.

Publicidade

Confira a classificação final do GP do Canadá:

1.º – Lewis Hamilton (ING/McLaren), em 1h32min29s586

2.º – Romain Grosjean (FRA/Lotus), a 2s513

3.º – Sergio Perez (MEX/Sauber), a 5s260

Publicidade

4.º – Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), a 7s295

5.º – Fernando Alonso (ESP/Ferrari), a 13s411

6.º – Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 13s842

7.º – Mark Webber (AUS/Red Bull), a 15s085

Publicidade

8.º – Kimi Raikkonen (FIN/Lotus), a 15s567

9.º – Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), a 24s432

10.º – Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 25s272

11.º – Paul Di Resta (ESC/Force India), a 37s693

Publicidade

12.º – Nico Hulkenberg (ALE/Force India), a 46s236

13.º – Pastor Maldonado (VEN/Williams), a 47s052

14.º – Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso), a 1min04s475

15.º – Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso), a 1 volta

Publicidade

16.º – Jenson Button (ING/McLaren), a 1 volta

17.º – Bruno Senna (BRA/Williams), a 1 volta

18.º – Heikki Kovalainen (FIN/Caterham), a 1 volta

19.º – Vitaly Petrov (RUS/Caterham), a 1 volta

Publicidade

20.º – Charles Pic (FRA/Marussia), 2 voltas

Não completaram a prova:

Narain Karthikeyan (IND/Hispania)

Pedro de La Rosa (ESP/Hispania)

Publicidade

Michael Schumacher (ALE/Mercedes)

Timo Glock (ALE/Marussia)

Publicidade