Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Hamilton crava pole position e exalta o Brasil: ‘Amo correr aqui’

Apesar de já ter conquistado o título, piloto inglês da Mercedes acelerou e cravou o recorde não oficial da pista de Interlagos

Por Alexandre Senechal, Luiz Felipe Castro Atualizado em 10 nov 2018, 17h14 - Publicado em 10 nov 2018, 17h08

Nem mesmo o pentacampeonato garantido diminuiu a animação de Lewis Hamilton no GP do Brasil de Fórmula 1. O piloto britânico da Mercedes cravou o melhor tempo do treino classificatório deste sábado, com direito a recorde não oficial da pista (registrado em treino, não em corrida), e largará na pole position no GP de domingo, que começa às 15h10 (de Brasília), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

  • Em um treino oficial disputado sob chuva no começo, mas decidido com pista seca, Hamilton marcou o tempo de 1min07s281 e superou Sebastian Vettel em apenas 0s093, deixando o alemão da Ferrari na segunda posição do grid. Hamilton, que correu com um capacete nas cores do Brasil, exaltou mais uma vez a sua relação com o país de seu maior ídolo, Ayrton Senna.

    Detalhe de capacete de Hamilton Eduardo Knapp/Folhapress

    “Eu amo correr no Brasil, principalmente por causa dos torcedores. Eu amo esse país”, disse, levando o público em Interlagos ao delírio. “É  fantástico. A Ferrari foi muito rápida, mas consegui me superar e fazer uma grande volta.” Foi a 82ª pole da carreira e décima da temporada para o piloto inglês de 33 anos.

    Pela manhã, durante o último treino livre, Vettel havia estabelecido a volta mais rápida da história do circuito, mas foi superado por Hamilton horas depois. Em corridas, o recorde oficial pertence ao holandês Max Verstappen, que cravou o tempo de 1min11s044 com sua Red Bull, no ano passado.

    Companheiro de Hamilton na Mercedes, Bottas abrirá a segunda fila do GP do Brasil, na terceira colocação, e ao seu lado, em quarto, estará seu compatriota Kimi Raikkonen, da Ferrari, que vem de vitória na Cidade do México.

    Verstappen, da Red Bull, partirá em quinto. Seu companheiro, o australiano Daniel Ricciardo, foi o sexto melhor do classificatório, mas cumprirá uma punição por ter trocado o turbo do motor e largará em 11º.

    Grid de largada para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1:

    1 – Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

    2- Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)

    3 – Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)

    4 – Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari)

    5 – Max Verstappen (HOL/Red Bull-Renault)

    Continua após a publicidade

    6 – Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)

    7 – Charles Leclerc (MON/Sauber-Ferrari)

    8 – Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari)

    9 – Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso-Honda)

    10 – Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari)

    11 -Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-Renault)

    12 – Sergio Pérez (MEX/Racing Point Force India)

    13 – Nico Hülkenberg (ALE/Renault)

    14 – Sergey Sirotkin (RUS/Williams-Mercedes)

    15 – Carlos Sainz Jr (ESP/Renault)

    16 – Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso-Honda)

    17 – Fernando Alonso (ESP/McLaren-Rebault)

    18 – Esteban Ocon (FRA/Racing Point Force India)

    19 – Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes)

    20 – Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Renault)

    Continua após a publicidade
    Publicidade