Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hamilton comanda dobradinha da McLaren e Bruno Senna supera Massa

A primeira fila do grid de largada para o Grande Prêmio da Austrália terá uma dobradinha da McLaren. O britânico Lewis Hamilton bateu o compatriota Jenson Button para ficar com o primeiro lugar do treino classificatório realizado na madrugada de sábado. De forma surpreendente, o francês Romain Grosjean (Lotus) foi o terceiro e, entre os brasileiros, Bruno Senna (Williams) superou Felipe Massa (Ferrari).

A tomada de tempos em Melbourne foi tumultuada, com seguidas escapadas, algumas incluindo visitas à grama e à brita. Hamilton garantiu a pole position para a prova que marca a abertura do Mundial-2012 com a marca de 1min24s922. Button, por sua vez, registrou o tempo de 1min25s074 e Grosjean cravou 1min25s302.

Antes mesmo do início das atividades em Melbourne, a desconfiança já cercava a Ferrari. Ainda assim, os pilotos e o diretor esportivo Stefano Domenicali procuravam demonstrar alguma esperança, algo que será difícil de repetir depois do treino classificatório, já que os carros da escuderia italiana se mostraram significativamente abaixo dos modelos das principais equipes.

Felipe Massa penou para superar a primeira fase do treino e precisou apelar aos pneus macios logo de cara para avançar na 17posição. Na segunda fase da tomada de tempos, o espanhol Fernando Alonso (Ferrari) perdeu o traçado depois de tocar a grama e acabou na brita, algo que aconteceu com o brasileiro na sexta-feira, mas com a pista molhada.

Nervoso, o espanhol chegou a pedir para os fiscais empurrarem seu carro de volta à pista, o que não aconteceu. Antes de rodar, no entanto, Alonso havia registrado tempo. Ele chegou a ficar entre os 10 classificados à superpole até os últimos instantes da segunda etapa do treino, mas foi tirado do grupo pelo alemão Nico Hulkenberg (Force India).

Em uma performance melancólica, os dois representantes da escuderia italiana não passaram para a superpole. Superado até pelo estreante belga Jean-Eric Vergne (Toro Rosso), Alonso larga na 12posição do grid. Massa, por sua vez, parte no 16lugar, já que ficou atrás do japonês Kamui Kobayashi (Sauber), do compatriota Bruno Senna (Williams), que sai na 14posição, e do escocês Paul di Resta (Force India).

A Red Bull, apontada como principal favorita antes do início do Mundial, não mostrou o mesmo domínio do ano passado. Superado pela boa performance do alemão Michael Schumacher (Mercedes), o australiano Mark Webber começa no quinto lugar do grid, seguido pelo também alemão Sebastian Vettel, seu companheiro de equipe.

O venezuelano Pastor Maldonado, companheiro de Bruno Senna na Williams, parte na oitava colocação, atrás do alemão Nico Rosberg (Mercedes). Hulkenberg inicia em nono e o australiano Daniel Ricciardo (Toro Rosso), em sua primeira corrida na Fórmula 1, conseguiu um bom resultado diante dos compatriotas ao garantir o 10posto.

Enquanto Romain Grosjean alcançou uma expressiva terceira colocação do grid, provando o potencial do carro da Lotus, o finlandês Kimi Raikkonen, de volta à Fórmula 1 após duas temporadas de afastamento, não passou da primeira etapa do treino classificatório e ficou no 18lugar do grid. O Grande Prêmio da Austrália será realizado às 3 horas (de Brasília) de domingo.