Clique e assine com até 92% de desconto

Hamilton acha que brigaria pela vitória se largasse na primeira fila

Por Da Redação 15 abr 2012, 09h21

O britânico Lewis Hamilton ficou satisfeito com a terceira colocação do Grande Prêmio da China de Fórmula 1, mas acha que poderia ter brigado pela vitória se não tivesse perdido cinco posições no grid de largada. O piloto da McLaren trocou a caixa de câmbio de seu carro antes do treino classificatório e por isso foi punido.

Hamilton foi o segundo mais rápido da classificação em Xangai, atrás apenas do pole position Nico Rosberg, mas largou da sétima colocação por conta da punição. Na corrida, fez uma boa largada e ganhou rapidamente posições, mas o alemão da Mercedes liderou praticamente de ponta a ponta e venceu, seguido por Jenson Button.

‘Tive uma grande corida, estou feliz pela McLaren: eu e Jenson conseguimos voltar ao pódio, marcar pontos importantes. Mas foi uma prova dura, também. Eu adoraria ter desafiado Nico e talvez isso teria sido possível se eu tivesse largado da primeira fila’, disse Hamilton. ‘Mesmo assim consegui ganhar posições e me diverti bastante ultrapassando pessoas’

A terceira colocação em Xangai deixou Hamilton na liderança do Mundial, com 45 pontos ganhos, dois a mais do que Button, segundo colocado. A terceira posição da temporada é do espanhol Fernando Alonso, que chegou à China na frente da disputa, mas foi apenas o nono na corrida e agora soma 37 pontos.

‘Nós temos que continuar avançando, é isso. Mercedes, Red Bull, Ferrari, Lotus, Sauber, estão todos na briga, esse é um bom campeonato e com certeza teremos grandes corridas para os fãs verem. Fazia tempo que eu não aparecia na primeira colocação do Mundial, mas temos que nos manter focados’, afirmou o britânico, campeão da F-1 de 2008.

Continua após a publicidade
Publicidade