Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hakkinen prevê dificuldades para Raikkonen em seu retorno à F-1

O bicampeão Mika Haikkinen alertou para as dificuldades que seu compatriota, Kimi Raikkonen, poderá ter em sua volta à Fórmula 1, pela Lotus Renault, depois de dois anos fora da principal categoria do esporte a motor.

Campeão Mundial em 1998 e 1999 com a McLaren, Hakkinen vê o companheiro, vencedor em 2007 com a Ferrari, com muito pouco tempo para testar antes do início das disputas em 2012.

‘O retorno será muito difícil para Kimi. Ele praticamente não terá tempo de testar o novo carro – cinco ou seis dias. Se ele perder um dia com problemas, não será possível recuperar. No passado, sentávamos no cockpit da manhã até a noite porque, quanto mais tempo disponível, mais e mais rápido você fica’, disse Hakkinen ao jornal alemão Bild am Sonntag.

‘Não importa se você é um campeão mundial ou não. Na F-1, a competição nunca esteve mais dura do que agora. A forma física dos pilotos e o conhecimento técnico estão cada vez melhores. Esses pilotos trabalham muito duro! Tudo isso deixará o retorno de Kimi muito mais difícil do que há cinco anos’, completou.

Para ajudar na adaptação de Raikkonen, sua equipe, que se chamará somente Lotus no ano que vem, realizará algumas sessões em horários diferentes, com o carro de 2009 equipado com pneus da GP2. Quatro baterias deverão ser realizadas, uma delas com o campeonato já em andamento.