Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Há 23 anos morria o tricampeão Ayrton Senna

Acidente em Ímola tirava a vida do ídolo brasileiro

Por Da redação Atualizado em 1 Maio 2017, 12h44 - Publicado em 1 Maio 2017, 11h40

O dia 1° de maio de 1994 ficará para sempre na memória do brasileiro, especialmente para os fãs de Fórmula 1. Na pista de Ímola, na Itália, um acidente na curva Tamburello tirava a vida do tricampeão mundial da categoria, o brasileiro Ayrton Senna da Silva.

E mesmo 23 anos depois, o brasileiro segue recebendo homenagens e sendo lembrado. “Nunca esquecido. Herói. Melhor. Melhor de todos os tempos. Descanse em paz Ayrton. Rei”, escreveu Lewis Hamilton. Rival de Senna nas pistas, Alain Prost foi outro. “Sempre lembro dessa data, Ayrton”, escreveu o francês em seu Twitter.

https://www.instagram.com/p/BTjC4E6AaSs/?taken-by=lewishamilton

No Brasil, Corinthians, time para qual o tricampeão brasileiro torcia, Felipe Massa e o autódromo de Interlagos reverenciaram o piloto que teria 57 anos se não tivesse falecido após sofrer acidente na Itália.

View this post on Instagram

We all miss you ! Sentimos sua falta !!!#AyrtonSenna

A post shared by Felipe Massa (@massafelipe19) on

“Sem tristeza hoje. Ayrton Senna está ganhando uma praça em sua memória em São Paulo, sua cidade no Brasil”, escreveu a conta do Autódromo de Interlagos no Twitter. Orçada em R$ 350 mil, a obra de revitalização do Modelódromo do Ibirapuera é inaugurada neste dia 1.º de maio, com o nome de Praça Ayrton Senna do Brasil, contando com uma escultura de 2,5 toneladas, que antes ficava na entrada do túnel Ayrton Senna, e uma réplica em bronze do capacete do tricampeão de Fórmula 1.

  • (com Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade