Clique e assine a partir de 9,90/mês

Guia da Copa: Japão, Samurais Azuis

Por Da Redação - 16 jun 2014, 13h05

A seleção japonesa quer mostrar que evoluiu. Depois de anos de correria e ingenuidade, a presença de jogadores em evidência nas principais ligas europeias começa a render frutos. Além da força ofensiva, a chegada do técnico italiano Alberto Zaccheroni, em 2010, trouxe resultados também para a defesa, agora mais sólida. A vitória sobre a Bélgica e o empate com a Holanda em amistosos recentes falam por si. Resta corrigir a mentalidade dos jogadores, que ainda se abatem ao sofrer gols.

O CRAQUE

Shinji Kagawa

25 anos • Manchester United (Inglaterra)

Meia-atacante criativo e driblador, Kagawa chama atenção pela movimentação e pelos chutes precisos. Brilhou no Borussia Dortmund e foi contratado por Alex Ferguson para o Manchester United, que se encantou com a rapidez com que toma decisões. Herdou na seleção o status de ídolo deixado por Nakata.

JOGOS

  • COSTA DO MARFIM x JAPÃO 14 de junho (sáb.) – 22h Recife
  • JAPÃO x GRÉCIA 19 de junho (qui.) – 19h Natal
  • JAPÃO x COLÔMBIA 24 de junho (ter.) – 16h Cuiabá

DESEMPENHO EM COPAS

4 Copas, 14 jogos: 4 vitórias

3 empates

7 derrotas

MELHOR PARTICIPAÇÃO

9º, oitavas de final (2002, 2010)

RANKING FIFA

47º lugar

CONTRA O BRASIL EM COPAS

1 jogo:

1 derrota

1 gol a favor

4 gols contra

TREINADOR

Continua após a publicidade

ALBERTO ZACCHERONI

TIME-BASE

Esquema tático: 4-2-3-1

Kawashima – Uchida, Yoshida, Konno, Nagatomo – Endo, Hasebe – Kiyotake, Honda, Kagawa – Okazaki

Esta reportagem faz parte do Guia da Copa de VEJA.

Para ler outras reportagens baixe grátis a edição especial no IBA,

no tablet ou no iPhone.

Continua após a publicidade
Publicidade