Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guia da Copa: Irã, Seleção Nacional

Um dos países mais fanáticos por futebol, o Irã sonha em transformar os dias no Brasil em um evento inesquecível. Com a geração mais promissora jamais formada, um técnico com passagem por Manchester United e Real Madrid – o português Carlos Queiroz – e em um grupo em que o único bicho-papão é a Argentina, os iranianos se permitem olhar adiante na competição. Se vencerem um dos dois adversários diretos pela segunda vaga do grupo, o sonho distante pode, então, se tornar realidade.

O CRAQUE

Reza Ghoochannejhad

26 anos • Charlton Athletic (Inglaterra)

Nem Messi e Neymar juntos chegam perto. Com catorze letras, este será o maior nome – ou sobrenome, vá lá – da Copa do Mundo. Nascido no Irã, mas criado na Holanda, “Gucci”, como é chamado a contragosto, trocou a camisa laranja para vestir a de seu país a convite do técnico Carlos Queiroz.

JOGOS

  • IRÃ x NIGÉRIA16 de junho (seg.) – 16h Curitiba
  • ARGENTINA x IRÃ21 de junho (sáb.) – 13h Belo Horizonte
  • BÓSNIA x IRÃ25 de junho (qua.) – 13h Salvador

DESEMPENHO EM COPAS

3 Copas, 9 jogos: 1 vitórias

2 empates

6 derrotas

MELHOR PARTICIPAÇÃO

14º lugar, primeira fase (1978)

RANKING FIFA

37º lugar

CONTRA O BRASIL EM COPAS

Nunca enfrentou

TREINADOR

CARLOS QUEIROZ

TIME-BASE

Esquema tático: 4-4-2

Ahmadi – Heydari, Hosseini, Montazeri, Beikzadeh – Timotian, Nekounam, Hadadifar, Shojaei – Ghoochannejhad, Dejagah

Esta reportagem faz parte do Guia da Copa de VEJA.

Para ler outras reportagens baixe grátis a edição especial no IBA,

no tablet ou no iPhone.