Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guia da Copa: Gana, Estrelas negras

Nas últimas duas edições da Copa, os ganeses chegaram às oitavas e às quartas de final, respectivamente. Desta vez, o sorteio os pôs no grupo da morte do Mundial, o que diminui significativamente as chances de melhorar seu retrospecto. Em meio a brigas internas, que tiraram boa parte dos principais jogadores das eliminatórias, como Essien, Boateng e os irmãos Ayew, Gana conseguiu a vaga e vem com força máxima. Passar da primeira fase vai ser difícil, mas a equipe dará trabalho aos adversários.

O CRAQUE

Asamoah Gyan

28 anos • Al Ain (Emirados Árabes)

Maior goleador do país em Copas, com quatro gols, este atacante forte, de 1,80 metro, vai ficar para sempre lembrado pelo pênalti perdido nos acréscimos da prorrogação contra o Uruguai em 2010. O fracasso na África do Sul o fez abandonar a seleção, mas foi convencido a voltar atrás para se redimir no Brasil, onde será inclusive o capitão da equipe.

JOGOS

  • GANA x EUA16 de junho (seg.) – 19h Natal
  • ALEMANHA x GANA21 de junho (sáb.) – 16h Fortaleza
  • PORTUGAL x GANA26 de junho (qui.) – 13h Brasília

DESEMPENHO EM COPAS

2 Copas, 9 jogos: 4 vitórias

2 empates

3 derrotas

MELHOR PARTICIPAÇÃO

7º, quartas de final (2010)

RANKING FIFA

38º lugar

CONTRA O BRASIL EM COPAS

1 jogo:

1 derrota

nenhum gol a favor

3 gols contra

TREINADOR

JAMES KWESI-APPIAH

TIME-BASE

Esquema tático: 4-3-2-1

Dauda – Inkoom, Boye, Akaminko, Afful – Essien, Asamoah, Muntari – Ayew, Waris – Gyan

Esta reportagem faz parte do Guia da Copa de VEJA.

Para ler outras reportagens baixe grátis a edição especial no IBA,

no tablet ou no iPhone.