Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guia da Copa: Estados Unidos, Estrelas e listras

Pouco a pouco, os americanos começam a mostrar que estão entendendo o “soccer”. Eles têm feito Copas do Mundo promissoras, já superaram os mexicanos na América do Norte e possuem cada vez mais jogadores nas principais ligas europeias. A chegada do técnico alemão Jürgen Klinsmann, responsável por reerguer a seleção de seu país na década passada, deu um ânimo extra, a ponto de diminuir a certeza, como aconteceu muitas outras vezes, de uma queda logo na primeira fase e tentar cair com um mínimo de dignidade.

O CRAQUE

Michael Bradley

26 anos • Toronto FC (Canadá)

Filho do ex-treinador da seleção Bob Bradley, Michael é o ponto de referência do meio-campo dos Estados Unidos. Forte na marcação, ele se destaca pela velocidade.

JOGOS

  • GANA x EUA16 de junho (seg.) – 19h Natal
  • EUA x PORTUGAL22 de junho (dom.) – 18h Manaus
  • EUA x ALEMANHA26 de junho (qui.) – 13h Recife

DESEMPENHO EM COPAS

9 Copas, 29 jogos: 7 vitórias

5 empates

17 derrotas

MELHOR PARTICIPAÇÃO

3º lugar (1930)

RANKING FIFA

14º lugar

CONTRA O BRASIL EM COPAS

1 jogo:

1 derrota

nenhum gol a favor

1 gol contra

TREINADOR

JÜRGEN KLINSMANN

TIME-BASE

Esquema tático: 4-2-3-1

Howard – Cameron, González, Besler, Beasley – Bradley, Jones – Bedoya, Dempsey, Zusi (ou Green) – Altidore

Esta reportagem faz parte do Guia da Copa de VEJA.

Para ler outras reportagens baixe grátis a edição especial no IBA,

no tablet ou no iPhone.