Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guardiola pede que torcida do Barça respeite o Real

Por AE

Barcelona – Barcelona e Real Madrid farão, nesta quarta-feira, no Camp Nou, pela Copa do Rei, o quinto jogo entre eles apenas nesta temporada. Com os nervos cada vez mais aflorados diante de uma rivalidade que consegue crescer a cada dia, a expectativa é de uma recepção dura dos torcedores do Barça, revoltados pela forma com que o Real, e principalmente Pepe, se portaram no clássico da semana passada, quando o português pisou em Messi no chão. Temendo as consequências desta tensão, Guardiola pediu que os torcedores catalães respeitem os adversários.

Não quer que se repita o que aconteceu em 2000, quando Figo, ex-jogador do Barcelona, fez seu primeiro jogo no Camp Nou com a camisa do Real Madrid e recebeu uma chuva de objetos jogados contra ele ao cobrar um escanteio. “Se fizermos algo parecido com o que se passou com Figo, então não aprendemos a lição. O torcedor do Barcelona está muito arrependido de como nos comportamos com ele. O futebol é um jogo, não podemos esquecer disso”, comentou Guardiola. “Que o torcedor venha para nos animar e estar do nosso lado. Vem o Real Madrid, não um jogador ou um treinador determinado.”

Nesta terça-feira, um jornal de Barcelona publicou uma entrevista com Carles Rexach, ex-técnico do time catalão, em que este diz que Pepe não deveria ir para o Camp Nou para não ser recepcionado como Figo. Depois do episódio com o meia português, o Barça colocou grades de proteção atrás das bandeirinhas de escanteio, para proteger os jogadores. No ano passado, porém, elas foram retiradas.

Na entrevista coletiva desta terça-feira, Guardiola também avisou que o Real Madrid não será um adversário fácil, principalmente precisando da vitória, uma vez que perdeu do Barcelona por 2 a 1 no jogo de ida. “Temos que ser muito prudentes. Não creio que o torcedor pense que amanhã (quarta) vamos ganhar fácil do Real Madrid. Os jogadores não pensam isso e já mostraram isso muitas vezes”, disse o treinador.