Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guaratinguetá impõe a segunda derrota ao Ceará com dois gols de Fran

Goleado na primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Guaratinguetá foi para cima do Ceará, neste sábado, pela segunda rodada da competição, no estádio Dario Rodrigues Leite, e foi recompensado com uma vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, que segue sem pontuar na tabela de classificação. Já a Garça do técnico Carlos Octávio do Valle soma seus primeiros pontos.

Os dois gols do Guará foram marcados pelo meio-campista Fran, ambos nos erros defensivos do Ceará. No primeiro, marcado aos 11, o goleiro Fernando Henrique errou o tempo de bola e o ex-corintiano concluiu em cobrança de falta. O segundo veio aos 40, quando Fran teve tempo e espaço para se aproveitar da distração nordestina e anotar o segundo. Na etapa complementar, Rogerinho descontou logo aos seis minutos.

Na terceira rodada da Série B, que será disputada na próxima terça-feira, o Guará visita o CRB-AL no estádio Rei Pelé, em Maceió, enquanto o Ceará buscará repetir as atuações do título do Campeonato Cearense no Presidente Vargas, diante do Goiás.O Jogo – Depois da goleada por 4 a 1 sofrida na estreia, o Guaratinguetá entrou em campo motivado a conquistar seus primeiros pontos na Série B e já buscou o ataque desde os primeiros minutos de bola rolando, principalmente dos pés do atuante Lenílson e de Fran, que se aproveitou de falhas defensivas do Ceará para marcar duas vezes já no primeiro tempo.

O time cearense, também derrotado em sua estreia, armou as melhores jogadas no início da partida, principalmente do lado direito do ataque, com Apodi. O lateral direito se aproveitou do nervosismo de Ruan para fazer boa jogada, logo aos sete minutos, mas ninguém do Ceará apareceu na área para concluir. O problema se repetiu outras vezes, sem que Saulo tenha tido muito trabalho na etapa inicial.

Aos 12 minutos, em sua primeira oportunidade concreta de assustar a defesa do Ceará, Fran levantou a bola na área em cobrança de falta, mas o goleiro Fernando Henrique saiu do gol e pulou antes da chegada da bola, errando completamente o tempo e falhando bisonhamente. A bola ainda quicou no gramado antes de balançar as redes do Vozão.

O Ceará tinha a posse de bola, mas Rogerinho, o principal homem de armação, não vivia tarde inspirada e nem as bolas paradas surtiam o efeito esperado. Sem sucesso nas investidas, o time nordestino logo levou o segundo gol, surgido após duas oportunidades desperdiçadas. Aos 40 minutos, Ruan acertou cruzamento da esquerda e a defesa foi pega desprevenida, errando o passo. Fran teve tempo para dominar e bater forte, no fundo das redes de Fernando Henrique.

Para a etapa complementar, o Ceará voltou com Reina, Juca e ofensividade. A receita do técnico PC Gusmão foi decisiva para que a equipe cearense partisse para cima do adversário paulista e diminuísse a vantagem logo aos seis minutos de jogo, quando Rogerinho invadiu a área pela esquerda e bateu na saída de Saulo, marcando belo gol para o Ceará.

Aos 15 minutos, o Vozão teve outra boa oportunidade para empatar, com cruzamento preciso de Apodi e cabeceio por cima do gol de Romário, que ainda erraria o alvo em chances aos 20 e aos 23 do segundo tempo. O Ceará tinha dificuldades claras para passar do meio-campo e pressionar o Guará. Em contrapartida, a equipe da casa criava boas oportunidades, principalmente dos pés de Stéfano, que substituiu Paulinho. Apesar de ter as melhores chances, a equipe se precipitava e perdia força na hora da conclusão.

Nos últimos minutos de bola rolando, o Ceará partiu para o abafa e pressionou os donos da casa. Os erros de finalização e as boas defesas de Saulo, no entanto, impediram o empate, que não aconteceu nem com os quatro minutos de acréscimos do árbitro Wagner dos Santos Rosa.