Clique e assine com 88% de desconto

Guarani minimiza derrota e fim de série positiva

Por Da Redação - 27 fev 2012, 17h01

Após emplacar uma sequência de cinco vitórias seguidas, o Guarani voltou a conhecer uma derrota no Campeonato Paulista no último domingo, quando foi batido pelo Guaratinguetá por 2 a 1. Apesar do revés, os jogadores do Bugre demonstraram tranquilidade e encararam o resultado com naturalidade.

‘Não vamos nos desesperar. Eu espero que essa derrota venha para nos fortalecer. Nós lutamos até o fim, procuramos o gol o tempo todo, mas, infelizmente, não era o nosso dia. O time foi guerreiro, e é assim que um time que quer se classificar tem que ser’, disse o atacante Fabinho.

O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, também não se abateu com a derrota em Guaratinguetá e negou que a boa campanha nas últimas rodadas tenha influenciado negativamente o desempenho dos jogadores.

‘Nós sempre tivemos os pés no chão. A euforia não atrapalhou, até porque ela (euforia) nunca houve dentro do grupo. Então, também não podemos fazer de uma derrota a pior coisa do mundo. Claro que o objetivo era a vitória, mas dessa vez não deu’, admitiu.

Publicidade

Mesmo com a derrota, o Guarani seguiu na segunda colocação do Campeonato Paulista, mas agora tem quatro pontos de desvantagem para o líder Corinthians. O próximo jogo da equipe será contra o Santos, nesta quarta-feira, no Brinco de Ouro.

Publicidade