Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Greve dos operários do Maracanã será julgada na sexta-feira

Tribunal Regional do Trabalho agenda audiência que pode encerrar impasse entre consórcio encarregado da reforma e trabalhadores

A greve dos operários da reforma do Maracanã será julgada na próxima sexta-feira. O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT-RJ) informou que a desembargadora Maria de Lourdes Sallaberry, da Presidência da Seção Especializada em Dissídios Coletivos, agendou a sessão para as 14 horas. A reforma do estádio, que receberá a final da Copa do Mundo de 2014, está parada desde o dia 1º de setembro – antes tinham sido feitas paralisações curtas apenas.

De acordo com informações do tribunal, o TRT havia homologado em 22 de agosto um acordo entre o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada intermunicipal (Sitraicp) e o Consórcio Maracanã Rio 2014. Mas os representantes dos trabalhadores não cumpriram os termos do que ficou acertado na Justiça.

O Sitaicp argumenta que surgiram, depois do acordo do dia 22, questões ainda não abordadas, ligadas à qualidade da alimentação servida e à falta de assistência médica no período noturno. Segundo o TRT, no último dia 5 foi realizada nova audiência de conciliação, na qual o desembargador Carlos Alberto Araujo Drummond determinou o julgamento do dissídio coletivo, que decidirá sobre a legalidade da segunda greve dos trabalhadores.

Na terça-feira, quando a greve completou 13 dias, operários promoveram uma ‘volta olímpica’ pela parte externa do estádio.