Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grêmio perde nos pênaltis e está fora da Libertadores

Equipe gaúcha consegue devolver o placar de 1 a 0 contra o San Lorenzo na Arena, mas falha nas penalidades e dá adeus ao sonho do tricampeonato

Depois de se classificar com sobras no “grupo da morte” da Copa Libertadores e garantir a segunda melhor campanha da fase de classificação, o Grêmio não conseguiu superar o seu primeiro desafio nos mata-matas do torneio e deu adeus ao sonho do tricampeonato após perder por 4 a 2 nos pênaltis para o San Lorenzo, o time do papa Francisco, na Arena. No tempo normal, os gaúchos venceram por 1 a 0, gol de Dudu, devolvendo o placar de Buenos Aires. Barcos e Maxi Rodríguez erraram suas cobranças.

Leia mais:

Cruzeiro derrota Cerro por 2 a 0 e avança para as quartas

Líder da fase de grupos, Vélez é eliminado da Libertadores

O jogo – Com a difícil missão de vencer por dois gols de diferença para garantir a vaga direta nas quartas de final, o Grêmio contou com o apoio de mais de 47 mil torcedores na Arena, um recorde no estádio. Nervoso, o time gaúcho teve dificuldades em criar perigo e, para piorar, teve como adversário uma equipe experiente e qualificada, que soube controlar a bola e enervar os brasileiros.

Em uma das boas chances no primeiro tempo, Barcos tocou por cima do goleiro Torrico, mas o zagueiro do San Lorenzo salvou em cima da linha. O atacante gremista voltou a incomodar aos 37, com um chute perigoso que parou nas mãos do goleiro. No começo do segundo tempo, mais agressivo, o Grêmio balançou as redes aos quatro minutos, mas a jogada foi anulada por impedimento de Barcos. Aos poucos, porém, o nervosismo voltou a aparecer e o San Lorenzo quase abriu o placar aos 17, quando Villalba aproveitou saída errada de Grohe após escanteio e cabeceou para fora.

A pressão do time da casa arrefeceu, e as chances minguaram. Aos 38, quando o nervosismo já se transformava em desespero, o Grêmio chegou ao gol: Rodriguinho entrou pela direita e tentou o chute. Dudu meteu a cabeça na bola e explodiu a Arena em alegria. Satisfeito com o resultado conquistado na base da raça, o Grêmio foi para os pênaltis confiante. Mas as defesas do ótimo goleiro Torrico pararam Barcos e Maxi Rodríguez e adiaram mais uma vez o sonho do tri gremista.

(Com Gazeta Press)