Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Grêmio bate Fortaleza e confirma vaga na Copa do Brasil

Por Da Redação 10 Maio 2012, 00h13

Por Elder Ogliari

Porto Alegre – O Grêmio venceu o Fortaleza por 2 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, e confirmou a sua classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. O time tricolor gaúcho já estava com a vantagem de poder perder por um gol de diferença graças à vitória no jogo de ida, também por 2 a 0. Na próxima fase vai pegar o vencedor de Bahia e Portuguesa, que decidem a vaga nesta quinta em Salvador.

Em um jogo de baixo nível técnico, o Fortaleza, com nove reservas, conseguiu controlar os pouco inspirados titulares do Grêmio. No primeiro tempo, os dois times recorreram aos lançamentos longos e facilitaram o trabalho da defesa adversária. A única boa jogada foi do time tricolor gaúcho. Aos 18 minutos, Edilson cruzou para Bertoglio, livre, na grande área, mandar um chute frontal por cima do travessão.

No início do segundo tempo, o Fortaleza assustou os quase 21 mil torcedores que foram ao Olímpico com um chute cruzado de Guto, que foi para fora. Aos 8 minutos, Bertoglio foi derrubado por Wallison dentro da área. Léo Gago cobrou o pênalti e converteu.

O gol não mudou a qualidade do jogo, que seguiu fraco, com muitos passes errados, chutes desviados e poucos lances de área. O Grêmio ainda teve duas chances de ampliar. Em uma delas, Marco Antônio chutou de fora da área e Lopes defendeu. Na outra, Bertoglio ficou livre, mas chutou para fora. O segundo gol, aos 40 minutos, enfim foi resultado de uma jogada bem trabalhada. Souza lançou Miralles, que avançou e cruzou para Bertoglio, sem goleiro, tocar para as redes.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 x 0 FORTALEZA

GRÊMIO – Victor; Edilson, Gilberto Silva, Naldo e Dener; Fernando, Souza, Léo Gago (Felipe Nunes) e Marco Antônio; Bertoglio e André Lima (Miralles). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Continua após a publicidade

FORTALEZA – Lopes; Gilmak, Ciro Sena (Assisinho), Wallison e Guto; Elton, Lucas, Esley (Marcelo Régis) e Bismarck; Rômulo e Waldison (Cleber Carioca). Técnico: Nedo Xavier.

GOLS – Léo Gago (pênalti), aos 9, e Bertoglio, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Edilson (Grêmio); Ciro Sena (Fortaleza).

CARTÃO VERMELHO – Wallison (Fortaleza).

ÁRBITRO – Sandro Meira Ricci (Fifa/DF).

RENDA – R$ 261.522,75.

PÚBLICO – 17.355 pagantes (20.949 no total).

LOCAL – Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS).

Continua após a publicidade
Publicidade