Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Grandes tropeçam na primeira rodada da Taça Rio

Flamengo e Fluminense são derrotados e Vasco empata em São Januário

Por Da Redação 1 mar 2012, 02h40

Três dos quatro grandes do Rio estrearam nesta quarta-feira no segundo turno do Campeonato Carioca e não tiveram motivos para comemorar. Jogando contra times de menor expressão, Flamengo e Fluminense foram derrotados e o Vasco cedeu o empate após estar vencendo por 2 a 0.

Flamengo – Sem Ronaldinho Gaúcho, na seleção, e Léo Moura, machucado, o time rubro-negro perdeu de virada para o Boavista em Macaé. O Flamengo saiu na frente, após Deivid acertar a trave – de novo – em um chute de fora da área e Vagner Love aproveitar o rebote.

Ainda no primeiro tempo, Somália empatou de pênalti. A virada do Boavista veio em um lance de escanteio. Paulo Rodrigues cobrou, a bola desviou no braço do lateral Sheslon e entrou. Os jogadores do Flamengo reclamaram muito da jogada. Pela terceira vez, a equipe treinada por Joel Santana não conseguiu a vitória jogando com o terceiro uniforme – preto com uma listra vermelha.

Fluminense – Campeão da Taça Guanabara e já garantido na final do Carioca, o Tricolor priorizou a Libertadores e optou por colocar os reservas em campo. Desentrosada, a equipe acabou perdendo por 2 a 1 para o Resende diante de apenas 659 pagantes em Volta Redonda.

O meia Marcel abriu o placar para o Resende com um bonito gol logo no começo do jogo. Antigo titular, Rafael Sóbis empatou ainda no primeiro tempo. A derrota tricolor foi sacramentada com uma conclusão de Marcelo Régis aos 20 minutos do segundo tempo.

Vasco – Buscando se recuperar da derrota na final da Taça Guanabara, o Vasco jogou diante de sua torcida, em São Januário, e abriu o placar logo aos 2 minutos contra o Bonsucesso.

Artilheiro do campeonato, Alecsandro concluiu um cruzamento e marcou seu nono gol em dez jogos. Na volto do intervalo, Felipe fez o segundo e a vitória parecia assegurada. Mas alguns minutos depois, Diogo cobrou um falta que entrou direto no gol de Prass. Aos 25 minutos do 2º tempo, veio o castigo. Em um contra-ataque, Marco Goiano empatou para o Bonsucesso e consolidou a péssima noite para os grandes no Rio.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade