Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Graciele Hermann atinge índice olímpico nos 50m livre

Por AE

Rio – A jovem Graciele Hermann voltou a mostrar nesta quinta-feira por que é uma das maiores esperanças da natação brasileira. A nadadora de apenas 19 anos conquistou o índice olímpico nos 50 metros livre no Campeonato Brasileiro Sênior, com o tempo de 25s12, nesta tarde, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio. A marca fica abaixo dos 25s20 exigidos pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

Há duas semanas, a atleta do Grêmio Náutico União (RS) havia obtido o título do Campeonato Brasileiro Júnior, com o tempo de 25s33, novo recorde da competição. A marca que ela obteve no Rio, porém, ainda a deixa longe das atletas mais rápidas no mundo. Ela deverá assumir o 52.º lugar no ranking 2011 da Fina (Federação Internacional de Natação).

O curioso é que Graciele não se sagrou campeã brasileira nesta tarde, apesar de ter feito o melhor tempo no Maria Lenk. Isso porque ela tem apenas 19 anos, menos do que os 20 exigidos para competir no Brasileiro Sênior. A segunda mais rápida, Alessandra Marchioro, do Curitibano, vive a mesma condição. O título, assim, ficou com a veterana Flávia Delaroli, de 31 anos, que obteve o terceiro melhor tempo do dia.

Este foi o segundo índice olímpico obtido no Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira, Henrique Barbosa garantiu classificação nos 200 metros peito. Pela manhã, no Torneio Open de Natação (do qual participam os oito melhores tempos do Brasileiro Absoluto), Nicolas Oliveira também carimbou o passaporte, nos 100 metros livre. Ao todo já são 17 vagas brasileiras em Londres.

OUTROS RESULTADOS – Já garantido na Olimpíada, Cesar Cielo voltou a nadar abaixo do índice olímpico para vencer os 50 metros livre com o tempo de 21s97. Bruno Fratus foi o segundo colocado, com 22s16. Felipe França também não decepcionou e venceu com facilidade os 50 metros peito, prova não olímpica, com o tempo de 26s91. Já garantido em Londres, Leonardo de Deus foi o mais rápido nos 200 metros costas, com 1min59s03, acima do índice. No feminino da mesma prova, a vitória foi de Fernanda Alvarenga.

Então única brasileira garantida em Londres na natação, Daynara de Paula confirmou o favoritismo nos 100 metros borboleta e venceu com o tempo de 59s62, acima do índice. Ainda atrás da classificação e aproveitando a ausência de Kaio Márcio, que não participa da competição, Henrique Martins venceu os 100 metros borboleta no masculino, com 52s87, 54 centésimos acima do índice olímpico.