Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governador de GO retira nome de Senna e rebatiza autódromo

Marconi Perillo trocou nome do circuito: sai o campeão da F1 e entra o de aliado político

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), anunciou nesta quarta-feira que vai rebatizar o Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia. De acordo com o Diário da Manhã, Perillo vai retirar o nome do tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna para homenagear Ary Valadão, ex-governador e um de seus principais aliados políticos.

Leia também:

Andrés estreia na Câmara: quer criar o Dia do Corinthians

Segundo a publicação, Perillo divulgou uma carta para explicar a mudança de nome da pista inaugurada em 1974. “O senhor demonstrou coragem e foi muito digno em seus posicionamentos, fazendo com que a população goiana conhecesse os meandros da política rasteira que nossos adversários usaram e abusaram contra nosso governo e o trabalho que empreendemos para elevar Goiás a significativos patamares do desenvolvimento econômico e social”, diz um trecho do documento.

O autódromo internacional de Goiânia correu o risco de ser demolido, mas depois de três anos de reformas, foi entregue no fim do ano passado, ainda sob o nome de Ayrton Senna.

Ary Valadão, de 93 anos, governou Goiás entre 1979 e 1983. Ele apoiou Perillo nas quatro vezes em que disputou e venceu as eleições para governador do estado (1998, 2002, 2010 e 2014).