Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Golfista espanhola é assassinada em campo nos Estados Unidos

Celia Barquín tinha de 22 anos e era considerada uma das promessas do esporte; suspeito do assassinato foi preso no local

A espanhola Celia Barquín, de 22 anos, considerada uma das maiores promessas do golfe mundial, foi assassinada na última segunda-feira (17) em um campo em Iowa, nos Estados Unidos. As circunstâncias da morte estão sendo investigadas pela polícia local, mas Collin Daniel Richards, com diversos antecedentes criminais e principal suspeito de ser o autor do assassinato, foi detido pelas autoridades.

O corpo de Barquín foi encontrado já sem vida no campo de golfe Coldwater, na localidade de Ames, quando alguns atletas alertaram seguranças e policiais quanto ao abandono da bolsa de tacos da jovem espanhola, estudante da Universidade de Iowa State. As investigações iniciais apontam para uma agressão até o consequente falecimento.

Nascida em Puente San Miguel, na Espanha, Celia Barquín era considerada uma das grandes promessas do esporte. Recentemente, venceu o torneio feminino de golfe Big 12 e foi nomeada a esportista feminina do ano de sua universidade, onde estudava engenharia civil. Em âmbito nacional também se sagrou campeã europeia na categoria amador feminina em grupos duas vezes.

“Ela era uma ótima aluna e uma atleta muito talentosa, uma golfista com um futuro muito promissor e esplêndido. Nunca esqueceremos o quanto era competitiva e sua paixão por viver”, disse Wendy Wintersteen, presidente da universidade de Iowa.