Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Goleiro do Mogi sai de ambulância, mas passa bem e não preocupa

Um susto tomou conta dos jogadores do Mogi aos 31 minutos do primeiro tempo da partida deste sábado, diante do Bragantino, pela ida da Final do Interior. E não foi o gol marcado por André Astorga em cruzamento para a área, mas sim a trombada entre o goleiro Anderson e o atacante Giancarlo no lance, que deixou o arqueiro deitado no gramado do estádio Nabi Abi Chedid.

Após dez minutos de paralisação, o jogador foi levado de ambulância para o hospital da Faculdade de Medicina de Bragança Paulista. Na saída, porém, ele já dava sinais que não era algo muito grave. ‘Estou bem, já avisei até minha mulher’, afirmou, com a cabeça travada em um colete cervical.

Depois, por intermédio do médico Alexandre Carvalheal, os jogadores já foram avisados que o companheiro teve um trauma leve na região do pescoço, e deveria passar por uma tomografia e ficar em observação. O atleta deve dormir em casa.

Dentro de campo, o seu substituto Daniel teve boa atuação, fazendo duas defesas importantes que seguraram o ataque do Bragantino e deram a tranquilidade necessária para o Sapão fazer 4 a 2 e abrir boa vantagem na decisão.