Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Goiás vence o América-MG e avança para encarar o Atlético-MG

Depois de um empate em 0 a 0 no jogo de ida em Minas Gerais, o Goiás com dificuldades venceu o América-MG por 4 a 3, nesta quarta-feira, no estádio Serra Dourada, e garantiu acesso para as oitavas de final da Copa do Brasil. O time esmeraldino vai encarar na sequência da competição nacional, o Atlético-MG, que despachou o Penarol-AM vencendo por 5 a 0.

O Goiás começou melhor o jogo, e logo aos cinco minutos abriu o placar com Ricardo Goulart. Egídio, que marcou duas vezes no jogo, e Ramon anotaram os outros gols da equipe goiana. Pelo lado americano, o zagueiro Gabriel aproveitando bobeada da zaga esmeraldina, Thiago Mendes, contra, e Bruno Meneghel anotaram em favor do América-MG.

Eliminado da Copa do Brasil, o Coelho foca a disputa do Campeonato Mineiro. No próximo domingo, o América-MG encerra a participação na primeira fase do Estadual encarando o Guarani, na Arena do Jacaré. Já Goiás vai encarar o Atlético-MG na sequência da competição nacional. O Galo eliminou o Penarol-AM sem a necessidade do jogo de volta.

O jogo – Precisando de uma vitória simples para avançar para as oitavas de final da Copa do Brasil, o time goiano começou a partida pressionado o Coelho. Logo aos cinco minutos, Ricardo Goulart recebeu cruzamento de Peter pela direita, e de cabeça mandou para as redes de Neneca para abrir o placar em favor do Goiás.

Jogando em casa, o time Esmeraldino tomou a iniciativa do jogo, e aos 12, Iarley arriscou arremate no canto direito de Neneca, que conseguiu fazer a defesa, mandando para escanteio. A pressão do Goiás voltou a surtir efeito aos 21, quando Egídio soltou a bomba em cobrança de falta, o goleiro Neneca chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar o segundo gol goiano.

Somente após sofrer o segundo tento dos goianos, é que o Coelho acordou na partida. Aos 26, o armador Rodriguinho tentou um tiro de fora da área, a bola desviou na zaga do Goiás, tirando o goleiro Harlei da jogada e acertando a trave. Aos 28, após cobrança de escanteio, o zagueiro Gabriel subiu sozinho de cabeça para diminuir o marcador e recolocar o Coelho no jogo.

Com 2 a 1 no placar, o jogo voltou a ficar equilibrado, com um pouco mais de volume de jogo dos esmeraldinos, enquanto o time de Givanildo Oliveira adotou a estratégia de tentar as jogadas em contra-ataque, levando muito perigo sempre que conseguia chegar ao ataque.

Mas foi o Goiás que perdeu uma chance clara de ampliar o marcador, aos 35, quando Egídio recebeu com liberdade de Peter e fuzilou o arqueiro americano, que fez excelente defesa para salvar o Coelho. Aos 40, Neneca não conseguiu evitar o terceiro gol dos donos da casa, que marcaram com Ramon, que aproveitou jogada de Iarley para marcar, dando tranquilidade para os goianos.

Com vantagem no marcador, o Goiás voltou para a etapa complementar com mais cautela, porém, com controle da partida, enquanto o Coelho, que passou a precisar do resultado tentou agredir os donos da casa com mais afinco, mas encontrou dificuldades na saída de bola e deu espaços para os goianos atuarem.

Aos 12, depois de boa trama ofensiva, o lateral-esquerdo Egídio recebeu com liberdade de Iarley e finalizou cruzado para marcar seu segundo gol no jogo e o quarto do time esmeraldino. Aos 22, O Coelho ainda mostrou poder de reação diminuindo o prejuízo com um gol contra de Thiago Mendes.

Precisando de mais dois gols para conseguir a classificação, o América-MG viu a missão ficar difícil, aos 23, quando Pará foi expulso do jogo. Mesmo em desvantagem no número de jogadores, o Coelho marcou o terceiro com Bruno Meneghel, que tabelou com Fábio Júnior antes de mandar para as redes. Após o gol, o time mineiro se lançou todo para o ataque, atrás da igualdade que daria a classificação, mas não conseguiu.