Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Givanildo reclama de futebol do América-MG e de calendário

O técnico do América-MG, Givanildo Oliveira, foi claro ao afirmar após a vitória por 1 a 0 sobre o Boa Esporte, neste sábado, que o desempenho do time americano não agradou. O treinador ficou satisfeito pelo resultado e pelos três pontos, que colocam o Coelho na vice-liderança do Mineiro, mas reclamou muito do cansaço e do excesso de jogos do América-MG, que tem feito uma partida a cada três dias.

‘Não agradou porque você quer que seu time jogue bem e ganhe. A parte principal nós fizemos que foi ganhar. Com relação ao cansaço, só para quem não quer ver. Foi nítido que alguns jogadores não tiveram força. Infelizmente, eu só tinha três trocas, porque se tivesse cinco, eu teria feito. Foram jogadores de força para superar o cansaço. Foi uma covardia o que fizeram com a gente’, declarou.

Givanildo Oliveira ainda comentou sobre as dificuldades encontradas pelo América-MG no jogo. Segundo ele, o Coelho teve sorte em alguns momentos da partida e contou com o bom trabalho do goleiro Neneca, que sempre que foi acionado conseguiu corresponder bem evitando os gols adversários.

‘Nós tivemos dificuldades. Eles tiveram três chances já no primeiro tempo. Temos o Neneca que está ali para fazer isso, mas fez bem feito, e quando isso acontece, ele evita o gol. Eu acredito em sorte, mas você não pode ficar sentado esperando a sorte, você tem que procurar e ir atrás, e o time foi buscar, contra uma equipe que faz uma marcação individual’, analisou.