Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Givanildo admite que atuação do América-MG em vitória não agradou

O técnico Givanildo Oliveira ficou satisfeito pelos três pontos obtidos pelo América-MG na partida contra o Guaratinguetá, mas admitiu que o time americano mesmo tendo maior volume de jogo, apresentou algumas falhas e não fez uma boa exibição. Prova disso é que o gol da vitória só saiu aos 44 minutos do segundo tempo, com Adeílson completando um cruzamento de Romão da esquerda.

‘A gente sempre quer uma vitória. Nunca vi ninguém alcançar o seu objetivo sem ganhar. É importante jogar bem, para o torcedor isso é importante e para o treinador também. Tenho certeza que a maioria dos técnicos gosta de ver o time apresentar um belo futebol dentro de campo, principalmente, em casa. Nós jogamos bem nas primeiras rodadas, mas contra o Goiás, em Goiânia, fizemos um jogo irregular, com muitas falhas. Nesta terça a história se repetiu, porém, deixamos o campo com a vitória. O futebol é assim, e quando não vai na técnica, vai na raça’, analisou.

Givanildo elogiou a atuação da defesa, que soube impedir as tentativas do adversário, que também teve chances de sair com a vitória. O treinador agradeceu a Deus pelo índice de acerto que tem em seu trabalho. Isso porque o gol da vitória teve participação de dois jogadores que saíram do banco.

‘Tivemos uma dificuldade enorme com as jogadas deles, que jogaram fechados. Demos muitos contra-ataques para eles e o Guaratinguetá poderia até ter marcado muitos gols, três ou quatro, e saído com a vitória. Mas, felizmente, nossa defesa jogou bem e quando erraram conseguiram consertar lá atrás. Ainda bem que saímos coma vitória, e agradeço aquele lá de cima. Tenho uns 80% de acerto em minhas trocas. Uns 20% eu perco, mas agradeço muito aquele lá de cima’, comentou.