Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Campeã olímpica diz que foi molestada ‘centenas de vezes’ por Nassar

McKayla Maroney contou que o primeiro abuso aconteceu quando ela tinha 13 anos. Médico da seleção americana foi condenado a prisão perpétua

A ex-ginasta americana McKayla Maroney, campeã olímpica em Londres-2012, disse ter sido molestada “centenas de vezes” pelo ex-médico da equipe de ginástica artística dos Estados Unidos, Larry Nassar, recentemente condenado a prisão perpétua Em entrevista ao programa Today Show, da rede NBC, ela contou que o primeiro abuso aconteceu quando ela tinha 13 anos.

Nassar se declarou culpado por molestar atletas sob disfarce de tratamento médico. “Ele me disse que ia fazer um check-up em mim e esse foi o primeiro dia em que fui abusada”, contou Maroney, de 22 anos. “Ele disse que ninguém entenderia isso e o sacrifício que é preciso para chegar às Olimpíadas, então você não pode contar isso às pessoas”.

Veja também

“Ele não disse isso de uma maneira cruel ou qualquer coisa desse tipo”, acrescentou Maroney. “Na verdade, eu pensei ‘Isso faz sentido. Eu não quero contar isso para ninguém’. E eu não acreditava que as pessoas entenderiam”. Na entrevista, que será transmitida na íntegra no próximo domingo, McKayla contou que foi molestada “todas as vezes em que viu Larry Nassar.”

McKayla se aposentou em 2016, aos 20 anos. Ela tem duas medalhas olímpicas no currículo: uma de ouro, por equipes, e uma de prata, no salto – sua expressão de decepção no pódio, uma das imagens mais marcantes dos Jogos de Londres, lhe rendeu fama mundial.

Larry Nassar O ex-médico da equipe de ginástica olímpica dos Estados Unidos, Larry Nassar

O ex-médico da equipe de ginástica olímpica dos Estados Unidos, Larry Nassar (Jeff Kowalsky/AFP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. CARLOS SOLRAC

    Se ela foi molestada centenas de vezes porque não denunciou antes? Preferiu ficar quieta, progredir no esporte e ganhar umas medalhas? Se fez isso é uma prostituta. PROS-TI-TU-TA.

    Curtir