Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gigantes da NFL imitam Cristiano – e sofrem lesões graves

Comemoração criada pelo português já encerrou a temporada para dois atletas

O crescente sucesso do “soccer” nos Estados Unidos fez com que supercraques como Cristiano Ronaldo e Lionel Messi ficassem mais conhecidos entre os americanos. O astro português, aliás, já influencia até os atletas de outras modalidades. No futebol americano, porém, isso tem sido um problema. Nas últimas semanas, dois dos gigantes que participam da NFL sofreram lesões gravíssimas quando decidiram comemorar suas jogadas com um movimento que transformou-se na marca registrada dos gols de Cristiano.

Leia também:

​Jogador de 23 anos morre após festejar um gol com pirueta

​Marcelo é criticado por rival por comemorar gol com pirueta

Assim como o camisa 7 do Real Madrid, eles pegaram impulso, saltaram, esticaram os braços e fincaram os pés no gramado. Mas tanto Lamarr Houston, defensive end do Chicago Bears, como o linebacker Stephen Tulloch, do Detroit Lions, foram parar no chão: o impacto fez com que ambos machucassem o joelho. A lesão foi a mesma nos dois casos: rompimento do ligamento cruzado anterior. Houston e Tulloch só voltam a jogar na próxima temporada.

Nesta semana, em artigo divulgado por uma publicação especializada da Universidade de Chicago, o ortopedista J. Martin Leland, especializado em lesões esportivas, comentou os dois casos e alertou para o risco que a comemoração inventada por Ronaldo traz ao joelho do atleta. “Eu até entendo a adrenalina e a euforia de um atleta na hora de comemorar, mas é preciso limitar essa reação para evitar o risco de se machucar”, explica o médico.