Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Ganso passará por artroscopia no joelho, mas joga contra o Vélez

Por Da Redação - 23 maio 2012, 16h52

Poupado durante o treino desta terça-feira, no CT Rei Pelé, o meia Paulo Henrique Ganso teve a sua participação no jogo contra o Vélez Sarsfield (Argentina), nesta quinta, confirmada pelo Santos. Apesar disso, o jogador terá de ser submetido a mais uma cirurgia, desta vez uma artroscopia no joelho direito, um dia após a partida.

O tempo estimado para a recuperação da intervenção cirúrgica é de três a quatro semanas, o que deve retirar Ganso dos amistosos da Seleção Brasileira (Estados Unidos, México e Argentina), bem como das semifinais da Libertadores, caso o Peixe avance.

As dores no joelho vinham incomodando o maestro alvinegro e, por conta disso, o departamento médico do clube decidiu que não seria possível adiar por mais algum tempo a cirurgia. Mesmo assim, Paulo Henrique Ganso atua contra o Vélez.

Na operação, os médicos farão uma raspagem para que sejam retirados resíduos da cirurgia a qual o meia foi submetido em 2007, quando ainda jogava nas categorias de base do time santista. Naquela ocasião, Ganso operou o joelho direito para reconstruir o ligamento cruzado anterior.

Publicidade

Vale lembrar que procedimentos cirúrgicos fazem parte também da carreira profissional do camisa 10 do Santos: no segundo semestre de 2010, Paulo Henrique Ganso passou por operação no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, que lhe deixou afastado durante seis meses dos gramados.

Publicidade