Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ganso e Oswaldo de Oliveira discutem no Fluminense: ‘Burro’ e ‘vagabundo’

Clima esquentou durante empate com o Santos, e o auxiliar técnico Marcão teve de apartar a briga, afastando o treinador do banco de reservas

Ameaçado de rebaixamento, o Fluminense empatou em casa, por 1 a 1, com o Santos nesta quinta-feira. Durante a partida, Paulo Henrique Ganso discutiu com Oswaldo de Oliveira ao ser substituído. O meio-campista teve de ser segurado por seus companheiros que estavam no banco de reservas depois de reclamar por ter saído de campo.

Irritado com a substituição, Ganso xingou Oswaldo de Oliveira de “burro”, que prontamente rebateu chamando o camisa 10 do Fluminense de “vagabundo”. A partir daí, o clima esquentou, e o auxiliar técnico Marcão teve de apartar a briga, afastando o treinador do banco de reservas.

Os torcedores que compareceram ao Maracanã ficaram do lado de Ganso. Depois da saída do jogador e da discussão entre as partes, gritos de “burro” e “pede para sair” puderam ser ouvidos vindos das arquibancadas.

Com o empate em casa, o Fluminense sai da zona de rebaixamento e é o 16ª, com 19 pontos. O Santos segue em terceiro, com 38, a sete do Palmeiras e a 10 do Flamengo, cada vez mais longe da briga pelo título.

O Tricolor voltará a campo para enfrentar o Grêmio, domingo, novamente no Maracanã. No mesmo dia, o Santos receberá o CSA, na Vila Belmiro. Os jogos são válidos pela 22ª rodada do Nacional.

(Com Gazeta Press)