Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ganso deve voltar a trabalhar com bola e Santos prepara o seu retorno

O meia Paulo Henrique Ganso está perto de voltar a jogar pelo Santos. Após sofrer uma lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa esquerda, no amistoso em que a Seleção Brasileira derrotou Gana, no dia 5 de setembro, em Londres (Inglaterra), o jogador segue em tratamento com o departamento médico do clube e a previsão é que Ganso retome os trabalhos com bola já nesta terça-feira, no CT Rei Pelé.

Caso seu desempenho durante os treinamentos da semana seja positivo, o camisa 10 do Peixe pode até mesmo retornar ao time contra o Atlético-PR, no próximo sábado, no Pacaembu. ‘Vamos avaliar o Ganso durante a semana. Ele fará os trabalhos e vamos ver como vai se sair. Se ele for bem, tem chances de voltar (diante do Furacão)’, disse o auxiliar técnico Mário Felipe Peres, o Tata, substituto de Muricy Ramalho, com problemas de saúde, nas duas últimas partidas (Botafogo e Flamengo).

Vale lembrar que, na semana passada, o meia chegou a declarar que poderia voltar à equipe contra o Flamengo. No entanto, a comissão técnica santista vetou essa previsão do próprio Ganso, para não correr riscos na preparação do atleta projetando o final do ano.

Muricy, inclusive, já admitiu que o objetivo não é ter Paulo Henrique Ganso jogando a qualquer custo. Segundo o treinador, a tarefa é deixá-lo 100% fisicamente, para que o jogador possa ganhar ritmo nas últimas rodadas do Brasileirão, visando chegar ao ápice do seu condicionamento para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão.

Otimista, o goleiro Rafael aprovou a maneira como a recuperação de Ganso tem sido conduzida. ‘Ele deve estar louco para jogar. Eu já passei por isso (contusão) e sei como é. O Ganso machucou, voltou, e se lesionou novamente, por isso a comissão técnica e o departamento médico estão segurando mais um pouco. Eles estão conversando com o Paulo para que ele não tenha pressa. O importante é ele jogar um pouco antes, no Campeonato Brasileiro, para chegar bem no Mundial’, comentou.