Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ganhador do GP mais equilibrado da história da F-1 morre aos 71 anos

Madri, 6 dez (EFE).- O ex-piloto britânico Peter Gethin, vencedor do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 de 1971, considerado o mais equilibrado da categoria em todos os tempos, morreu nesta terça-feira aos 71 anos após uma longa luta contra uma doença.

Gethin, que competiu pela McLaren e as extintas BRM e Embassy Hill, obteve apenas uma vitória na principal competição do automobilismo mundial, mas seu nome entrou para a história pelas circunstâncias em que ela aconteceu. O britânico cruzou a linha de chegada em Monza com apenas um centésimo de vantagem sobre o sueco Ronnie Peterson, e de 61 centésimos sobre o quinto colocado.

Filho de um jóquei profissional, Gethin se destacou como piloto da Fórmula 3 britânica e foi campeão britânico de Fórmula 5.000 em 1969 e em 1970, antes de chegar à Fórmula 1 para ocupar o lugar do neozelandês Bruce McLaren, que havia morrido em um treino e fundou uma das equipes de maior prestígio da categoria, e que leva seu nome.

No GP de Monza, Gethin correu pela BRM como substituto do mexicano Pedro Rodríguez, que morrera em um acidente no circuito de Norisring (Alemanha). EFE