Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Galvão é ouro em gafe: pediu que cadeirante ficasse em pé

"Todos em pé por favor que vamos todos ouvir o hino da Jamaica", disse o apresentador. Entre os convidados estava Fernando Fernandes, atleta paraolímpico

O narrador Galvão Bueno cometeu uma gafe durante a transmissão da prova dos 200m noite da última quinta-feira. Depois que Usain Bolt levou o ouro, o apresentador pediu que todos os presentes no estúdio se levantassem para que Marcelo Adnet cantasse o hino da Jamaica, país natal do ídolo – o problema é que entre os convidados estavam Lars Grael, que teve uma perna amputada e caminha com o auxílio de muleta, e Fernando Fernandes, atleta paraolímpico que utiliza cadeira de rodas.

Leia também:
Climão: Cris Dias e William Waack se estranham em transmissão
Classe média sofre: Dado Dolabella ‘protesta’ por lugar no metrô

“Por isso que eu nem levantei. Deixa eu ficar sentado”, comentou Fernandes em tom de brincadeira. Ao perceber o “fora”, todos resolveram permanecer sentados. Confira o vídeo e a repercussão nas redes sociais:

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marcos Binelli

    É, este ai pode fazer uma boa dupla com o Molusco no quesito ‘cérebro corroído pelo alcool’. Uma medalha de cana para os dois.

    Curtir

  2. É incrível como Galvão Bueno é insuportável. Mas é mais incrível como a Globo confia na imagem dele. O cara massacra e destrói todos que não concordam ou fazem o que ele manda ou deseja. Por favor!!!! Vá embora.

    Curtir