Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Galo e Flamengo fazem jogo quente, mas travam sonho pelo título

Guerrero conseguiu arrancar o empate nos minutos finais do jogo em Belo Horizonte

Por Eduardo Gonçalves 29 out 2016, 20h58

Em jogo emocionante, com três gols nos últimos 15 minutos, Atlético Mineiro e Flamengo ficaram mais distantes do título do Campeonato Brasileiro ao empatarem por 2 a 2, neste sábado, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O time rubro-negro saiu na frente, mas sofreu a virada em cinco minutos. Quando a derrota parecia certa, Guerrero, aos 44, marcou um importante gol nesta 33.ª rodada.

Apesar de ter sido o terceiro jogo sem vitórias do Flamengo, o empate assegurou a vice-liderança e evitou um distanciamento ainda maior para o líder Palmeiras. Com 62 pontos, o time carioca segue em segundo e mantém a vantagem de dois pontos para o clube mineiro.

Com apenas mais cinco jogos em disputa, o Flamengo volta a campo no próximo sábado, dia 5, contra o Botafogo, no estádio do Maracanã, no Rio. Já o Atlético, que viu a série de 12 vitórias como mandante no Brasileirão chegar ao fim, faz o duelo decisivo contra o Internacional pela semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Empurrado pela torcida, o Atlético adotou uma postura agressiva, com os laterais avançados e forte pressão no adversário. Porém foi o Flamengo quem primeiro ameaçou, quando Fernandinho disparou pela esquerda e chutar forte para a defesa de Victor. Mesmo com todo o ímpeto inicial, o Atlético só chegou aos 19 minutos, quando Fred recebeu bom passe de Leandro Donizete e chutou fraco.

Continua após a publicidade

O atacante teve nova chance para marcar, mas chegou atrasado no cruzamento de Fábio Santos e desperdiçou mais uma jogada. Do outro lado, Guerrero fez o papel de garçom aos 32. O centroavante ganhou no alto de Erazo e ajeitou para Diego chutar e fazer 1 a 0. Soberano no jogo aéreo, Guerrero finalizou duas vezes de cabeça. Uma foi para fora e a outra parou na ótima defesa de Victor.

O segundo tempo foi do goleiro Alex Muralha. Logo no primeiro minuto, ele defendeu o chute de Lucas Otero e impediu o empate. Na sequência, Robinho entrou na área livre e também parou no goleiro. Mesmo dominado, o Flamengo ainda teve nova chance, quando Diego cruzou e Erazo quase marcou contra. A bola bateu na trave.

O Flamengo abandonou o ataque para tentar se segurar na defesa. Mas não certo por muito tempo. Aos 23 minutos, Fred balançou as redes, mas o árbitro marcou impedimento. Pouco tempo depois, Júnior Urso e Robinho tiveram a chance do empate, mas erraram o alvo. Aos 36, o gol. Fred foi derrubado na área e o árbitro assinalou pênalti. Robinho cobrou e fez 1 a 1.

Cinco minutos depois, o Atlético conseguiu a virada. O argentino Lucas Pratto aproveitou passe de Robinho, driblou Alex Muralha e fez 2 a 1. O então conformado Flamengo se lançou todo ao ataque. A pressão funcionou. Após disputa de Diego, Guerrero recebeu na pequena área e chutou forte para garantir o empate e a vice-liderança para o Flamengo no Brasileirão.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)