Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gabriel Jesus pede desculpas por momento de fúria: ‘Acabei extrapolando’

Camisa 9 da seleção admitiu que exagerou na reação ao cartão vermelho recebido na final contra o Peru, mas não deixou de criticar o árbitro pela decisão

RIO DE JANEIRO – Gabriel Jesus foi o personagem da vitória do Brasil por 3 a 1 na final da Copa América, neste domingo, 7. O atacante fez a jogada do primeiro gol, marcado por Everton, e marcou o segundo no final do primeiro tempo, logo após o empate do Peru. No segundo tempo acabou expulso após receber o segundo cartão amarelo e teve uma reação explosiva na saída de campo. Com o título garantido e de cabeça fria, admitiu que acabou exagerando na reação.

“Acabei extrapolando. Fiquei muito chateado, porque queria ajudar minha equipe e poderia ter prejudicado”, afirmou na zona mista do Maracanã após a partida. Na saída de campo, Jesus fez gestos de roubo para a arbitragem, deu um soco na cabine do VAR e depois chorou muito sentado no corredor que dá acesso aos vestiários. “Quero pedir desculpas a quem estava em volta, agora que estou de cabeça fria. Não pensei em ferir ninguém, não feri ninguém, mas coloquei em risco. Espero que entendam”, disse Gabriel Jesus.

Mesmo arrependido, o camisa 9 da seleção brasileira criticou a atuação do árbitro chileno Roberto Tobar e considera que ele se equivocou no lance. “O juiz acaba errando. Não quero julgar ele, quero que ele pegue de exemplo, reveja os lances e evolua. Assim como eu preciso evoluir. Hoje acho que ele deixou um pouco a desejar”, afirmou o atleta.

Para Jesus, a Copa América não foi um “cala boca” para aqueles que o criticaram após a Copa do Mundo do ano passado – quando foi titular nos cinco jogos do Brasil e não marcou nenhum gol. Ele não considera seu desempenho decisivo no torneio continental como uma redenção. “Eu não trato essa Copa América como uma volta por cima, aprendi muito, vim melhor mentalmente e emocionalmente. Passei um momento complicado lá no Manchester City, consegui focar novamente no futebol. Feliz por fazer parte desse grupo e agora é comemorar”, disse.