Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Futebol feminino: Brasil vence Nova Zelândia e se aproxima das quartas

Por Da Redação 28 jul 2012, 14h29

Com um gol da artilheira Cristiane, a seleção feminina de futebol do Brasil derrotou a Nova Zelândia por 1-0, neste sábado em Cardiff, em partida válida pela segunda rodada do grupo E dos Jogos de Londres-2012, ficando perto das quartas de final.

Cristiane, que desta vez jogou desde o início, marcou o gol da vitória brasileira aos 41 minutos do segundo tempo, tirando a seleção do sufoco e chegando a 12 gols em competições olímpicas, um recorde.

“A Nova Zelândia tem uma equipe muito boa, muito organizada. É difícil criar jogadas contra elas. Mas nós já sabíamos disso e ninguém disse que as partidas dos Jogos seriam fáceis”, afirmou.

As brasileiras, duas vezes prata nas últimas edições dos jogos, criaram várias chances de gol e quase abriram o placar em diversas oportunidades, mas as defesas da goleira Bindon e a falta de pontaria tornaram dramática uma partida que poderia ter terminado com uma nova goleada.

Com esta vitória, somada à de 5-0 sobre Camarões na estreia, o Brasil estão na primeira colocação da chave com seis pontos, seguido da Grã-Bretanha, com três. As britânicas ainda enfrentam as africanas no encerramento da 2ª rodada.

Continua após a publicidade

Em caso de triunfo das britânicas ou de empate, as meninas do Brasil estarão garantidas nas quartas de final.

O jogo teve um sabor especial para a volante Formiga, única jogadora a disputar as cinco edições do torneio feminino desde a sua inclusão no programa olímpico, em Atlanta-1996, que chegou neste sábado a 100 partidas pela seleção.

“Enquanto jogava, eu não estava pensando nisso. Só estava concentrada em vencer a partida. Agora estou orgulhosa de alcançar as 100 partidas com o Brasil, mas minha cabeça continua concentrada unicamente em ganhar a medalha de ouro”, disse a volante.

A atacante Marta, cinco vezes eleita melhor do mundo, disse que as neozelandesas jogaram como se fosse a final. “Foi difícil, mas agora estou contente porque vamos enfrentar a Grã-Bretanha”, disse Marta.

Os dois primeiros de cada um dos três grupos e os dois melhores terceiros avançam às quartas. O Brasil busca sua primeira medalha de ouro após as frustrações nas finais com EUA em Atenas-2004 e Pequim-2008.

O próximo jogo, contra a Grã-Bretanha, definirá o líder do grupo E.

Continua após a publicidade

Publicidade