Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Futebol e disputa do bronze no tênis: o que ver nos Jogos de Tóquio

Luisa Stefani e Laura Pigossi podem conseguir uma inédita medalha para o país; às 5h, a seleção brasileira joga com o Egito pelas quartas de final

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2021, 18h06 - Publicado em 30 jul 2021, 18h05

Depois de uma madrugada difícil nos Jogos de Tóquio, com a eliminação da seleção feminina de futebol para o Canadá, nos pênaltis, além de resultados aquém do esperado no judô, o Brasil busca, durante a noite desta sexta-feira, 30, e a madrugada de sábado, 31 (horários brasileiros), se reaproximar de novos feitos. No tênis, Luisa Stefani e Laura Pigossi, às 3h, enfrentam Veronika Kudermetova e Elena Vesnina do comitê olímpico russo. Se vencerem, asseguram para o país uma inédita medalha na modalidade.

A dupla costuma esbanjar franqueza nas entrevistas ao admitir que não estavam sequer cotada pelos mais otimistas para uma medalha. Apesar de viver a melhor fase da carreira, Stefani, atual 23ª colocada no ranking mundial de duplas, e Pigosse, 188ª, conseguiram chegar a competição devido a desistências.

No futebol, o Brasil enfrenta o Egito, às 7h, em Saitama, pelas quartas de final. A equipe do técnico André Jardine poderá contar com o retorno do meio-campista Douglas Luiz, que cumpriu suspensão diante da Arábia Saudita.

  • A agenda olímpica brasileira terá ainda nesta sexta, às 21h, a terceira partida da dupla Ana Patrícia e Rebecca, no vôlei de praia. Elas enfrentam as americanas Claes e Sponcil pela fase de grupos da competição. No mesmo horário iniciam as classificatórias do atletismo: 400m com barreiras feminino, lançamento de disco feminino, salto com vara masculino, 800m rasos masculino, 100m com barreira feminino e outras.

    A natação terá a semifinal dos 50m masculino, às 23h11,prova em que o braaileiro Bruno Fratus é considerado como potencial medalhista. O judô terá a competição por equipes mistas,  às 23h30. Sem poder contar com Maria Suelen Altheman na categoria peso-pesado (acima de 78kg), que sofreu grave lesão, a medalhista de bronze Mayra Aguiar (até 78kg) deve ser a novidade. Ela poderá enfrentar adversárias mais pesadas já que não há limite de peso para esta categoria.

    A partir de 0h05, começa a disputa da vela com as classes Nacra 17, 49er FX feminino, 49er masculino, Finn masculino, RS:X feminino. Nestes, o país ocupa a melhor colocação na 49er FX feminino, com Martine Grael e Kahena Kunze, atualmente na quinta colocação geral e a 16 pontos de diferença para as líderes Charlotte Dobson e Saskia Tidey.

    O vôlei de quadra feminino também joga às 4h25, contra a Sérvia, pela quarta rodada da fase de grupos. A equipe não poderá contar com a levantadora Macris. Após avaliação médica, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) confirmou uma entorse no tornozelo direito.

    Continua após a publicidade

    Confira a agenda do sétimo dia (horários de Brasília):

    Vôlei de praia feminino – Terceira rodada
    21h – Ana Patrícia e Rebecca

    Atletismo – Classificatória do salto com vara masculino
    21h40 – Thiago Braz e Augusto Dutra

    Natação – Semifinal dos 50m livre masculino
    23h11 – Bruno Fratus

    Judô – Quartas de final de equipes mista
    23h30

    Vela – 10ª, 11ª e 12ª regatas do 49er FX feminino
    0h05 – Martine Grael e Kahena Kunze

    Tênis – Disputa de bronze
    3h – Luisa Stefani e Laura Pigossi x Veronika Kudermetova e Elena Vesnina

    Handebol feminino – Quarta rodada da fase de grupos
    4h15 – Brasil x Suécia

    Vôlei feminino de quadra – Quarta rodada da fase de grupos
    4h25 – Sérvia x Brasil

    Boxe – Oitavas de final dos peso-leve masculino
    6h18 – Wanderson Oliveira x Dzmitry Asanau (BEL)

    Futebol masculino – Quartas de final
    7h – Brasil x Egito

    Continua após a publicidade
    Publicidade