Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Futebol americano: Tom Brady não comenta ‘bolas murchas’

Em sua primeira aparição após divulgação de relatório sobre bolas murchas abaixo do mínimo permitido, o quarterback do New England Patriots foge do assunto

Por Alexandre Salvador 8 Maio 2015, 16h41

Quase 48 horas após a divulgação de uma investigação feita a pedido da liga de futebol americano, a NFL, sobre o caso das bolas infladas abaixo do mínimo estabelecido pela regra do jogo, em uma partida que definiu quem faria a final da temporada, um dos personagens principais apontados no caso finalmente deu as caras. O quarterback do New England Patriots Tom Brady, marido da modelo brasileira Gisele Bündchen, citado como “pelo menos ciente, no geral, das atividades inapropriadas envolvendo o esvaziamento das bolas de jogo dos Patriots”, participou nesta quinta-feira à noite de um bate-papo com alunos da Unversidade Salem State, no Estado americano de Massachusetts.

Bolas usadas pelos Patriots foram murchadas propositalmente

Instado a falar sobre o “elefante no recinto” (o caso do Deflategate), Brady se fez de desentendido. “Onde?”, rebateu o jogador de futebol americano quatro vezes vencedor do Superbowl, a grande final do esporte nos Estados Unidos. Os alunos de Salem State, do mesmo Estado da equipe dos Patriots, vaiaram a menção feita pelo mediador, que insistiu por uma resposta mais assertiva de Brady.

Com virada e pancadaria, Patriots vencem o Super Bowl

“Não tenho reação alguma. Nosso dono (Robert Kraft, proprietário dos Patriots) já comentou o assunto ontem e só se passaram 30 horas, então não tive tempo de digerir tudo. Mas quando tiver farei questão de deixar todos cientes de como me sinto a respeito.” Além do comentário de Brady, outra pessoa próxima ao jogador se manifestou. O seu agente, Don Yee, disse estar “terrivelmente desapontado” com o resultado das investigações, alegando que “a omissão de fatos-chave e de linhas de inquérito sugerem que os investigadores chegaram a uma conclusão antes, e depois determinaram os tais fatos.”

Bola murcha: NFL investiga possível trapaça dos Patriots

O relatório de 193 páginas divulgado pela NFL na quarta-feira afirma ser “mais provável do que não” o New England Patriots ter esvaziado de propósito as bolas usadas no jogo contra o Indianapolis Colts, em janeiro, no episódio que ficou conhecido como “Deflategate”. Os Patriots ganharam de 45 a 7 e se classificaram para o Super Bowl.

Continua após a publicidade
Publicidade